Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DISTANCIAMENTO SOCIAL

Funsat disponibiliza  1,7 mil vagas para 32 cursos online gratuitos

Cursos são em diversas áreas e visam qualificar o trabalhador durante a quarentena
04/04/2020 07:29 - Glaucea Vaccari


Fundação Social do Trabalho (Funsat) vai disponibilizar 1.750 vagas em 32 cursos profissionalizantes gratuitos, no formato ensino a distância (EAD), para que a população interessada possa se qualificar durante o período de isolamento social, medida de prevenção ao coronavírus, em Campo Grande.

Conforme a Prefeitura da Capital, vagas foram viabilizados junto ao Ministério da Educação e os cursos oferecidos atendem as principais necessidades do mercado de trabalho, definidas após pesquisa.

Dentre os cursos que serão ofertados estão: operador de telemarketing, cuidador de idoso, agente de informações turísticas, auxiliar pedagógico, recepcionista, auxiliar pedagógico, libras e vário níveis, eletricista de automóveis, assistente administrativo, entre outros.

“Os cursos são voltados para o empreendedorismo e o arranjo de produção local, fomentando a economia da nossa cidade. Diante dessa pandemia do novo coronavírus, o ensino remoto é uma opção viável para sair da ociosidade e aproveitar o tempo em casa para estudar e adquirir qualificação para a carreira”, disse a coordenadora geral do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), Crislayne de Souza Carvalho

Inscrições serão abertas no dia 15 de abril e deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, em site que será divulgado posteriormente. Cursos terão início no dia 4 de maio, com carga horária que varia de 160 a 200 horas.

 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido