Cidades

Ato Infracional

Garoto estava a mais de 100 km/h e pai responderá por crime

Polícia aguarda perícia para esclarecer dinâmica do acidente e velocidade do carro

VÂNYA SANTOS

15/12/2015 - 12h15
Continue lendo...

A Polícia Civil ainda aguarda o laudo da perícia que vai apontar a dinâmica do acidente de trânsito que resultou na morte da adolescente Mariana Oliveira, 16 anos, mas conforme o adjunto da 6ª Delegacia da Capital, Edemilson José Holler, a suspeita é de que o menor que conduzia o veículo transitava a mais de 100 quilômetros por hora.

De acordo com o delegado que atendeu a ocorrência, Mateus responderá por ato infracional por conta do homicídio culposo e por dirigir sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O adolescente permanece internado na Santa Casa e ainda não tem condições de prestar depoimento à polícia.

Já o pai do menor, que trabalha como cobrador, deve ser responsabilizado na esfera penal por não ter sido cauteloso, deixando a chave do veículo a disposição do filho mesmo sabendo que é menor, inabilitado e sabe dirigir veículo.

“O pai disse no dia do acidente que o filho tirava o carro da garagem e colocava de volta, mas ele alegou que não imaginava que o filho pegava o carro escondido e garantiu que ele pegou o veículo sem sua autorização”, explicou o delegado Edemilson José.

Ainda conforme a autoridade policial, as oitivas do pai, do filho Mateus e de testemunhas devem ser realizadas em breve. O que pode demorar um pouco mais é o resultado do trabalho da perícia que esclarecerá a dinâmica do acidente, bem como indicará a velocidade do veículo.

Por se tratar de menor infrator, o caso será encaminhado para a Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e à Juventude (Deaij).


ACIDENTE

Casal de namorados de 16 anos sofreu acidente no prolongamento da Avenida Prefeito Lúdio Martins Coelho, no Bairro Tarumã, em Campo Grande, na tarde desta segunda-feira (14). Mariana Oliveira morreu no local e o namorado dela, Mateus, teve fratura completa de tíbia e fíbula e foi encaminhado para a Santa Casa.

Testemunhas relataram que o veículo HB 20 estava em alta velocidade e fazia o sentido centro / anel rodoviário. Mateus, que conduzia o carro, perdeu o controle da direção e o veículo atingiu um poste de concreto.

Com a colisão, o poste caiu sobre o veículo e causou mais estragos do lado do passageiro, onde estava Mariana. A jovem morreu no local.

Sidrolândia

PRF apreende 5.760 celulares em bitrem

Carga seria entregue em Chapadão do Sul

12/06/2024 13h00

Divulgação: PRF

Continue Lendo...

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 5.760 celulares na manhã desta terça-feira (11), durante fiscalização de rotina na BR-060, em Sidrolândia (MS). 

As equipes abordaram um caminhão W/29.520, que estava acoplado a dois semirreboques. Durante a entrevista, o motorista do bitrem, um homem de 37 anos, demonstrou nervosismo, e disse que transportava apenas pneus triturados.

Os agentes decidiram então vistoriar a carga, e encontraram vários fardos com celulares, robôs aspiradores, pneus e peças de videogame, todos sem documentação fiscal.

Questionado, o condutor disse que recebeu a mercadoria em Ponta Porã, e a entregaria em Chapadão do Sul, o que indica que os itens ainda teriam outro destino, já que o município tem 25.865 habitantes, ou seja, teria um celular para cada grupo de quatro pessoas.

A PRF não divulgou o valor estimado das mercadorias, mas só os celulares superam os R$ 6 milhões.

 

A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal em Campo Grande (MS).

Assine o Correio do Estado.

FLOR OU SUSHI?

Dia dos namorados: rodízio de sushi varia em até 127% na Capital

Pesquisa do Procon/MS também divulgou preços e variação das floriculturas em Campo Grande. Neste caso, variação chega a 455%

12/06/2024 12h45

Rodízio de sushi apresenta variação de 127% em Campo Grande para dia dos namorados

Rodízio de sushi apresenta variação de 127% em Campo Grande para dia dos namorados Foto: Divulgação

Continue Lendo...

O Procon/MS realizou uma pesquisa comparativa entre os restaurantes que servem rodízio de sushi e floriculturas que oferecem buquês e cestas neste dia dos namorados em Campo Grande. Dentre os destaques, a variação de preço dos restaurantes orientais, tendo uma diferença de quase R$ 100.

Ao todo, seis locais que servem rodízio foram analisadas. O que apresentou maior custo-benefício foi a Sobaria Hikari (localizada na Rua Argemiro Fialho, 549 - Vila Bandeirantes), que registrou um preço de R$ 75.

Do outro lado dos analisados, a Hashi Yugo (Rua Euclides da Cunha, 218 - Jardim dos Estados) apresentou o preço mais alto, com um rodízio avaliado em R$ 169,90. Ou seja, uma diferença de R$ 94,90 em comparação ao mais barato, cerca de 126,53% na variação. Os outros quatro restaurantes analisados foram:

  • Império do Sushi (Rua José Antônio 1396 - Centro): R$ 119,90;
  • Sushi YA (Rua José Antônio, 770 - Centro): R$ 84,90;
  • Roppongi Sushi House (Avenida Avenida Mato Grosso, 2462 - Centro): R$ 119,90;
  • Joe Sushi Bar (Rua Bahia, 1503 - Monte Castelo): R$ 149,99.

A média ficou em R$ 119,93.

Acerca das floriculturas, nove estabelecimentos participaram da pesquisa e os produtos analisados foram: Botão de rosa colombiana, botão de rosa nacional, buquê com 6 rosas colombianas, buquê com 6 rosas nacional, buquê com 12 rosas colombianas, buquê com 12 rosas nacional e cesta café manhã tradicional, composta por 20 itens.

A floricultura destaque na pesquisa foi a Acizia (Rua Ipamerim, 172 - Bairro Moreninhas), que apresentou o menor preço, dentre os nove estabelecimentos, em cinco dos sete produtos analisados.

Fonte: Procon/MS

Já o destaque negativo foi a Marrocos (Av. Mato Grosso, 1312 - Centro), com preços mais caros em três produtos. O botão de rosa colombiana foi aquele com maior variação registrada, podendo ser encontrado por R$ 9 e R$ 50, coincidentemente entre os dois destaques, cerca de 455,56%.

A menor variação encontrada foi no buquê de 12 rosas nacional, cerca de 35,71%, podendo ser adquirido por R$ 140 na Acizia e R$ 190 na Fina Flor (Rua Antônio Maria Coelho, 1788 - Centro).

Segundo o secretário-executivo do Procon/MS, Angelo Motti, a importância da pesquisa está em ajudar os consumidores a escolher com sabedoria, reforçando a necessidade da nota fiscal ao comprar algum produto ou a realização de um serviço.

Planejamento

Segundo divulgado pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de Campo Grande (PROCONCG) e reportado pelo Correio do Estado, 65,6% dos casais campo-grandenses pretendem presentear seus parceiros nesta data especial para os namorados.

Outro dado que surpreende é que 25% dos entrevistados que participaram da realização da pesquisa pretendem gastar mais de R$ 200 neste dia dos namorados. Para efeito de comparação, esta parcela da população não chegou aos 20%.

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).