Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SANEAMENTO

Governo dá mais prazo para interessadas em participar da PPP do esgoto

Projeto pretende ampliar oferta do serviço em 68 cidades de Mato Grosso do Sul
15/09/2020 10:40 - Ricardo Campos Jr


O governo adiou o edital de Parceria Público-Privada (PPP) para a prestação de serviços de esgoto em 68 cidades sul-mato-grossenses. O aviso foi publicado na edição desta terça-feira (15) do Diário Oficial. 

Segundo informações da assessoria de imprensa do Executivo, o objetivo é dar mais tempo para que as companhias analisem as respostas dos questionamentos que enviaram.  

Desde a publicação do edital, em 15 de junho, já chegaram nas mãos do poder público 349 dúvidas sobre os aspectos técnico, econômico-financeiro e jurídico de seis grupos de investidores interessados no projeto. Todos foram sanados dentro do prazo, mas pelo grande número, achou-se prudente dar mais 30 dias para que os interessados possam usar o material para elaborar melhor suas propostas. 

PROCESSO

As informações a respeito da PPP continuam disponíveis no site do Escritório de Parcerias Estratégicas. A elaboração contou com consulta e audiência pública realizada em 30 de janeiro de 2020. 

Também foram promovidos market sounding em duas rodadas distintas com potenciais investidores, além do roadshow virtual com a participação de público de mais de 250 pessoas dos mais variados perfis.

A Sanesul franqueou visitas técnicas ainda em janeiro de 2020, oportunizando aos interessados acesso a todas as instalações dos sistemas.

O objetivo é ampliar a oferta de esgoto nas cidades atendidas pela Sanesul nos próximos dez anos. Serão beneficiados 1,7 milhão de pessoas nas cidades-alvo.

DATAS

O recebimento dos envelopes será das 10h às 14h do dia 19 de outubro 2020 (horário local) e a sessão pública da licitação, às 10h do dia 23 de outubro de 2020 (horário local) na B3 S.A – Brasil, Bolsa, Balcão, situada à Praça Antônio Prado, 48, Centro, São Paulo/SP.

 
 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!