Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Governo decreta emergência por Covid-19 e quer implantar calamidade pública

Decreto regulatório será encaminhado para votação na Assembleia Legislativa
19/03/2020 16:27 - Adriel Mattos, Daiany Albuquerque


 

O governo de Mato Grosso do Sul vai decretar situação de emergência devido à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) na tarde desta quinta-feira (19), durante transmissão ao vivo na rede social Facebook.

A administração havia recomendado para que shoppings centers e igrejas não abrissem ou restringissem o número de pessoas em seus espaços. Entretanto, neste novo decreto o prefeito afirmou que será determinado o fechamento dos shoppings e também do Centro Comercial Popular Marcelo Barbosa da Fonseca, o Camelódromo, em Campo Grande.

“O presidente do Camelódromo entendeu a situação e já havia dito que fecharia por dez dias. A coisa é séria, se não fosse não estaríamos aqui. A coisa ainda é muito nova para a gente, porque ninguém esperava que um dia a gente pudesse viver o que nós estamos vivendo”, declarou o governador.

Azambuja vai enviar para a Assembleia Legislativa do Estado (Alems) projeto para decretar situação de calamidade pública. Com essas medidas, o governo poderá tomar medidas como comprar materiais e insumos sem licitação. O texto deve ser publicado em breve no Diário Oficial Eletrônico (DOE).

 

Felpuda


Devidamente identificadas as figurinhas que agiram “na sombra” em clara tentativa de prejudicar cabeça coroada. Neste segundo semestre, os primeiros sinais começarão a ser notados como reação e “troco” de quem foi atingido. Nos bastidores, o que se ouve é que haverá choro e ranger de dentes e que quem pretendia avançar encontrará tantos, mas tantos empecilhos, que recuar será sua única opção na jornada política. Como diz o dito popular: “Quem muito quer...”.