Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EDUCAÇÃO

Governo unifica quatro escolas no interior de Mato Grosso do Sul

Parte delas já haviam sido fechadas em 2019; outras dez unidades deverão transferir acervo escolar
20/08/2020 09:43 - Adriel Mattos


Quatro escolas da Rede Estadual de Ensino (REE) de Mato Grosso do Sul serão fechadas, transferindo toda a comunidade escolar para unidades da região. Decreto que regulamenta a medida foi publicado na edição desta quinta-feira (20) do Diário Oficial Eletrônico (DOE).

Em Aquidauana, a Escola Estadual Coronel Antônio Trindade será integrada à Escola Estadual Cândido Mariano.  

Já em Glória de Dourados, a Escola Estadual Hilda Bergo Duarte será extinta e a comunidade integrará a Escola Estadual Professora Eufrosina Pinto.

A Escola Estadual Leopoldo Dalmolin, em Itaquiraí, será unificada com a  Escola Estadual Professor José Juarez Ribeiro de Oliveira.

E em Iguatemi, a Escola Estadual Paulo Freire será fechada e a comunidade passa a integrar a Escola Estadual 8 de Maio.

As escolas que receberem os novos alunos ficam responsáveis por receber e organizar o acervo das unidades fechadas, bem como emitir documentos dos estudantes.

Desde março, os alunos da REE estão tendo aulas em casa devido à pandemia de Covid-19. Uma comissão estuda como será o retorno às escolas.

 
 

TRANSFERÊNCIA

Em outro decreto, o governo determinou a transferência do acervo escolar de dez antigas unidades da REE para outras escolas. Todas elas foram fechadas ou integradas às redes municipais.

São quatro em Campo Grande, uma em Aquidauana, uma em Bandeirantes, uma em Deodápolis, uma em Dourados, uma em Mundo Novo e uma em Ponta Porã.

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!