Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TOQUE DE RECOLHER

Guarda fecha 106 comércios e leva 7 pessoas para a delegacia

Segundo prefeito de Campo Grande, pessoas resistiram a ordem de retornar para suas casas
11/07/2020 14:27 - Daiany Albuquerque


 

A Guarda Municipal de Campo Grande precisou orientar 106 estabelecimentos comerciais a fecharem após o horário do toque de recolher entrar em vigor, na noite de sexta-feira (10). Segundo o prefeito da Capital, Marcos Trad (PSD), outras 7 pessoas tiveram que ser levadas para a delegacia por resistirem a cumprirem a determinação.

Conforme Trad, 711 pessoas foram orientadas a retornarem para suas casas, por estavam descumprindo o decreto municipal que implantou o toque de recolher em Campo Grande, que começa às 20h e termina às 5h. Entre elas, 7 resistiram e precisaram ser encaminhadas para a delegacia.

A Guarda ainda registrou 202 denúncias de descumprimento do decreto. A medida foi implantada pela prefeitura desde março deste ano, em função da pandemia da Covid-19. O horário foi alterado algumas vezes, mas até o dia 19 de julho, pelo menos, deverá funcionar a partir das 20h.

“Ainda um número assustador, principalmente depois de tanto tempo de recomendação, mas o ser humano tem o livre arbítrio, a consequência ruim porque aquele que infringe e desobedece por trazer consequência para aquele que está sendo obediente”, declarou o prefeito em vídeo diário sobre a pandemia.

Em Campo Grande, 4.352 pessoas já foram diagnosticadas com Covid-19 segundo dados do último boletim epidemiológico, divulgado neste sábado (11) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES). Ao todo, 31 pessoas morreram na cidade em decorrência da doença.

 

Felpuda


Embora embalada por vários “ex”, pré-candidatura a prefeito de esforçada figura não deslancha. É claro que ninguém ousa falar em voz alta que o apoio, em vez de alavancar os índices com o eleitorado, está é puxando para baixo. Uns dizem que o título do filme “Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado” retrata bem a situação. Outros complementam: “... na primavera, no outono, no inverno...”. Como diria vovó: “Aqui você planta, aqui você colhe!”.