Clique aqui e veja as últimas notícias!

DESRESPEITO

Guarda Civil Metropolitana fecha tabacaria com mais de 200 pessoas no bairro Pioneiros

No "rolê" clandestino em Campo Grande, homem foi encaminhado a delegacia por desacato
14/02/2021 10:11 - Beatriz Magalhães


Na noite desse sábado (14), em Operação conjunta, a Guarda Civil Metropolitana e outras entidades de fiscalização fecharam uma tabacaria na Rua Ana Luiza de Souza.  

Durante a operação realizada com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), Vigilância Sanitária (Visa), Polícia Militar (PM), e Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), um homem de 44 anos desrespeitou a guarnição, com isso foi abordado e conduzido pelo crime de desacato.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O autor foi encaminhado a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac Cepol)  e de acordo com o Boletim de Ocorrência, registrado por voltas das 23 h de ontem, proferiu xingamentos a equipe que estava no local. Na entrevista o homem disse que na ocasião estava sob efeito de álcool e que se arrepende de ter xingado o policial

A tabacaria em questão é um problema antigo para os moradores que já denunciaram ao Correio do Estado as aglomerações em período de pandemia.  

AGLOMERAÇÃO

Antes da operação realizada no local, foi identificado por meio do Monitoramento de Drone da Guarda Civil Metropolitana, aglomeração no local. É possível identificar a pessoas se dispersando durante a abordagem da polícia.  

Especialistas alertam sobre o risco da aglomeração, que são a principal forma de contágio da Covid-19.  

“Eventos assim, podem favorecer a transmissão para centenas de pessoas. Existe um estudo que aponta que 1 doente pode transmitir o vírus para mais de 100 pessoas”, afirma o médico infectologista, Julio Croda.

As aglomerações podem, de acordo com o código sanitário, gerar uma multa que varia de R$ 100 a R$ 15.000, sendo definido durante o processo.