Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

LEI SANCIONADA

Habitação suspende cobrança de juros durante a pandemia

Nova Lei entrou em vigência nesta segunda-feira (29)
29/06/2020 13:20 - Gabrielle Tavares


Nesta segunda-feira (29) foi sancionada a Lei n. 6.471, que autoriza a Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (AMHASF) a suspender cobrança de encargos no período da pandemia da Covid-19. A decisão foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande).

De acordo com a Lei, a AMHASF está autorizada a suspender juros por atraso das parcelas referentes aos meses de março a junho de 2020, período de maior incidência do coronavírus. Também neste período a Agência pode não abrir ações judiciais ou extrajudiciais contra o mutuário.

As parcelas são referentes aos programas habitacionais firmados com a AMHASF.  Ainda de acordo com a Lei, a Agência poderá estender para outros períodos, o benefício previsto nesta Lei, mediante ato próprio, enquanto durar a situação de emergência no âmbito do em Campo Grande.

O texto publicado junto a nova medida, diz que o objetivo da mudança é atenuar as consequências econômicas ocasionadas pelas medidas temporárias adotadas, no âmbito da Administração Pública do Município, para a prevenção do contágio da doença Covid-19 e o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional, decorrente do coronavírus.

 
 

Felpuda


O sumiço de algumas figurinhas carimbadas da política não acontece em virtude da necessidade de isolamento como uma das formas de prevenção à pandemia. Em verdade, seria porque não têm mesmo o que e a quem falar. Com o advento das redes sociais, quem acha que fazer campanha eleitoral continua como na época do “eu prometo” está a um passo de ver o sonho de conquistar mandato se transformar em pesadelo. Pelo jeito, não estão nem conseguindo dormir.