Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

AJUDA

Hemosul fará plantão na segunda-feira para receber doações

Entidade alerta sobre necessidade de doação de voluntários durante pandemia
18/04/2020 17:18 - Daiany Albuquerque


 

O Hemocentro Coordenador de Mato Grosso do Sul (Hemosul) fará plantão especial na segunda-feira (20), ponto facultativo nas repartições públicas estaduais devido ao feriado de Tiradentes. A equipe estará disponível para atendimento e coleta de sangue de voluntários das 7h às 12h. 

A instituição alerta que a demanda por sangue e plaquetas nos hospitais públicos e privados do Estado, durante a pandemia do novo coronavírus, continua e que precisa dos voluntários para manter os estoques de sangue e plaqueta com quantidade satisfatória.

Os doadores podem ir diretamente a unidade ou agendar um horário para a doação. Em Campo Grande o agendamento pode ser feito pelos telefones (67) 3312-1516 / (67) 3312-1529 ou pelo número (67) 99848-3035 exclusivo para Whatssap. No interior de Mato Grosso do Sul, o agendamento pode ser feito direto nos telefones fixos de cada unidade.

De acordo com o Hemosul, a instituição reforçou os cuidados e está seguindo os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde para evitar o contágio pela Covid-19. Além da higienização redobrada de materiais de uso coletivo, como canetas e pranchetas, o órgão delimitou espaçamento entre as cadeiras de espera para que haja o distanciamento mínimo de 1 metro entre os doadores. A instituição também disponibiliza recipientes com álcool 70% para os voluntários.

No feriado de Tiradentes, na quarta-feira, o Hemocentro ficará fechado e volta ao atendimento normal junto em todas as unidades a partir de quarta-feira.

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.