Cidades
ATO HUMANITÁRIO

Hemosul fecha Junho Vermelho com lançamento do Selo Conexão e pede doações

Empresas parceiras são reconhecidas por apoio à causa do sangue e medula óssea, e no fim da campanha unidade pede para "não deixar bola baixar"

Leo Ribeiro

01/07/2022 09:15

 

Para fechar com chave de ouro o Junho Vermelho, o Hemosul Coordenador lançou no último dia do mês o Selo Conexão, para empresas parceiras que estimulam e incentivam o ato da doação de sangue.  

"O mês de julho, agosto e até começo de setembro, normalmente é um período muito complicado. Então não é porquê tem o Junho Vermelho que a gente vai poder deixar a bola baixar". expõe a coordenadora de comunicação do Hemosul Coordenador, Mayra Franceschi.

Esse certificado para os apoiadores da causa do sangue e medula óssea, num primeiro momento, foi para empresas que há cerca de 15 anos já apoiam toda a Rede Hemosul de Mato Grosso do Sul.  

"Pra ser parceiro, saiu em Diário Oficial, tem regulamento. Precisa ter um relacionamento com a gente há pelo menos dois anos. Quem não tem ainda, vai começar agora e daqui dois anos ganha o selo, ou ano que vem", explica a equipe de comunicação do Hemosul Coordenador.  

Sendo uma proposta institucional de responsabilidade conjunta, o Selo Conexão Hemosul será dividido em quatro categorias:  

  • Campanha: para empresas que fazem campanhas de mobilização dos seus funcionários;
  • Apoio Institucional: quem patrocina os projetos, dão apoio financeiro indireto através dos brindes à Rede. "Não pegamos dinheiro, mas pegamos o brinde que pagou para o fornecedor", frisa o Hemosul
  • Multiplicador: empresas sem finalidade lucrativa, ou com fubs lucrativos mas que fazem a multiplicação da doação de sangue, a campanha de comunicação, o ato de conscientizar pessoas em si.
  • Selo Premium: que é a instituição que reúne as três áreas.