Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

TECNOLOGIA

Servidores estaduais podem acessar holerite e carteira funcional em aplicativo

Atualizações foram aplicadas no aplicativo MS Digital, em comemoração ao Dia do Servidor Público
28/10/2020 11:36 - Gabrielle Tavares


Servidores estaduais podem consultar e emitir em formato PDF o holerite dentro do aplicativo MS Digital. A carteira de identidade funcional digital também pode ser acessada na última atualização.  

As opções foram lançadas nesta quarta-feira (28), em comemoração ao Dia do Servidor Público. Os serviços ficavam disponíveis apenas para acesso via web, através de um computador, ou atendimento presencial.  

Para emitir o holerite, depois de ter instalado o aplicativo MS Digital, basta ir ao ícone “Servidor público” e depois em “contracheque”.

A carteira de identidade funcional digital, que pode ser utilizada para fins de comprovação de atividade no serviço pública, também está disponível na opção “Servidor público”. Depois disso, é necessário acessar "Portal do Servidor".

Em caso de primeiro acesso, o aplicativo irá pedir matrícula e senha, os mesmos que dão acesso ao Portal do Servidor no computador. Ao marcar a opção salvar informações, o aplicativo irá memorizar esses dados para acessos futuros.

Se necessária a validação da informação por parte de empresas privadas, o aplicativo disponibiliza um código QRCode que comprova a situação do CPF consultado.

O campo voltado ao servidor público dentro do MS Digital também oferece a opção “Clube de Benefícios” que disponibiliza a relação de empresas parceiras e descontos ofertados a esse público no Estado. Além da lista de eventos do Portal do Aluno da Fundação Escola de Governo (Escolagov).

 
 

Felpuda


Ex-petista de quatro costados, que acabou se aboletando em outro partido já há algum tempo, decidiu se submeter mais uma vez às urnas na tentativa de voltar a comandar cidade do interior de Mato Grosso do Sul. O eleitorado não botou fé e decidiu reeleger o atual prefeito.

Agora, há quem diga que o dito-cujo, que é fã de Carnaval, já pode ir preparando sua fantasia: “palhaço das perdidas ilusões”. Ô maldade!