Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

LICITADOS

Horto Florestal e Praça na Mata do Jacinto serão reformados pela prefeitura

Licitações do ambos os lugares terminaram com orçamento menor do que o previsto
09/07/2020 16:58 - Fábio Oruê


Até março de 2021, a Prefeitura de Campo Grande planeja concluir a reforma e revitalização de oito espaços públicos de lazer e prática desportiva com investimento de R$ 2.096.203,92.  Nesta semana foram homologadas as licitações do Horto Florestal e da praça de esporte da Mata do Jacinto. Estão adiantadas as concorrências da reforma do Estádio Elias Gadia e da cobertura da arquibancada do estádio de beisebol.

Conforme divulgado pela prefeitura, a reforma da Praça da Mata do Jacinto vai custar R$ 230,123,69, valor 22,50% menor o orçamento de referência, estimado em R$ 279.123,69. O projeto prevê a revitalização do campo, vestiários, implantação de uma academia ao ar livre.

Já o Parque Florestal Antônio de Albuquerque, o Horto Florestal, um dos mais tradicionais espaços públicos da cidade, que se estende por 6 hectares, terá sua estrutura reformada para voltar a receber a população. Serão investidos R$ 292.923,05 (desconto de 22,71%, sobre o orçamento de referência,  R$ 366.092,72.

O projeto abrange reforma geral das instalações,  incluindo biblioteca, banheiros, campo de bocha, reconstrução do orquidário, estrutura para abrigar uma base operacional da guarda, que dá guarita, terá containers onde ficará o pessoal encarregado da vigilância patrimonial.

O programa de revitalização de espaços públicos, contempla as Praças Elias Gadia e do Bairro Guanandi, instalação de 11 academias ao ar livre nos bairros Guanandi, Estrela Dalva, Ana Maria do Couto, Paulo Coelho Machado, Jardim Batistão, Carandá Bosque, Jardim Panamá, Marçal de Souza e Jardim das Reginas. Em agosto, mês do aniversário da cidade, ficam prontas as praças da Moreninha III e do Jardim Campo Belo. 

Na Orla Morena serão investidos R$ 435.242,30, recurso alocado por meio de emenda parlamentar. Está prevista a recuperação do calçamento, play ground (com substituição dos brinquedos), troca de equipamentos da academia ao livre e lixeiras. Será feita ainda a adequação do espaço para acessibilidade, com instalação de piso tátil e placas em braile, por exemplo.  O teatro de arena será adaptado para receber cadeirantes. Serão substituídas defensas, muretas de contenção, trocados os pisos petit pavet danificados, além de ser feita a recomposição das muretas de contenção.

Dentro do projeto de reconstrução de 700 metros de reconstrução de gabião no Córrego Prosa, está previsto o plantio de 1.100 mudas, controle de pragas e formigas, além da implantação de 560 metros de cerca na Praça da Águas, ações previstas no Projeto de Recuperação de Área Degradada (PRAD).

 
 

Felpuda


Como era de se esperar, as pesquisas mexeram nos ânimos de candidatos, principalmente daqueles que apareceram com índices pífios.

E assim, muitos deles certamente darão novo rumo às suas campanhas eleitorais.

A maioria, é claro, tenta mostrar otimismo, e o que mais se ouve por aí é que “agora o momento será de virada”.

Como disse atento e irônico observador: “Tem gente por aí que poderá virar, sim. Mas virar gozação!”. Ui...