Cidades
AUDIÊNCIA PÚBLICA

Hospital municipal de Campo Grande pode se tornar realidade, mas ainda há outras prioridades

Audiência pública para discutir a criação de um hospital municipal na Capital dividiu opiniões e destacou carências da saúde

Valesca Consolaro

04/07/2022 13:30

Na manhã desta segunda-feira (04), em audiência pública proposta pela Comissão da Mobilidade Urbana da Câmara Municipal, foi debatida a possibilidade de construção e implementação do hospital municipal de Campo Grande.  

A reunião contou com a participação de vereadores, representantes da prefeitura, do Governo do Estado, professores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS, bem como de especialistas em gestão pública de saúde.

A discussão foi pautada na necessidade de ampliação da capacidade de atendimento na saúde da Capital.

Estiveram entre as principais pautas pontuadas a necessidade do aumento no número de leitos de Unidade de terapia intensiva (UTI), bem como os demais problemas ocasionados pela crise pandêmica.

A exemplo de tais sequelas, foi recorrentemente citado o problema relacionado à falta de leitos de UTI neonatal, em razão da não realização adequada de pré-natais durante a pandemia, gerando uma superlotação.

Ao fim da audiência, com o encaminhamento final, realizado pelo vereador Victor Rocha, foi destacada a necessidade de um aumento, pelo menos temporário, no número de leitos de UTI, como medida imediata.

Além disso, ficou definida a discussão a médio e longo prazo sobre a implementação de um hospital municipal.