Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

REFORÇO NO ATENDIMENTO

Hospital Regional conta com mais 25 profissionais na linha de frente contra a covid-19

Contratações emergenciais foram publicadas no Diário Oficial desta quarta-feira e valem até janeiro, para médicos, e março, para enfermeiros
01/08/2020 10:30 - Marcos Pierry


O Hospital Regional recebeu mais um reforço em suas equipes com a chegada de 25 novos profissionais - três médicos e 22 enfermeiros. As contratações emergenciais foram publicadas no Diário Oficial do Estado dessa quarta-feira, 29, e irão valer por seis meses para os médicos, que vão atuar na função de clínico geral, com remuneração de R$ 9.650 mensais. 

Já os enfermeiros foram contratados por oito meses, permanecendo até março de 2021 com direito a proventos mensais de R$ 3.410 reais.

Devido ao grande aumento no número de internações em decorrência da Covid-19, o HR esteve à beira de um colapso nos atendimentos, há três semanas, quando registrou uma ocupação de 98% do total de leitos de UTI. 

Desde então, o governo do estado vem tentando ampliar a capacidade do hospital, segunda maior unidade hospitalar de Mato Grosso do Sul, por meio de medidas como novas contratações, adaptação de espaços para a instalação novos leitos e aquisição de equipamentos.

Outra medida paliativa tem sido o remanejamento de pacientes para outras unidades. Desde o dia 12 deste mês, o HR vem utilizando um contêiner para armazenar parte do número de vítimas que faleceram em decorrência de infecção por coronavírus.

O anúncio veio no mesmo dia em que a Secretaria Estadual de Saúde (SES) anunciou, por meio do Boletim Epidemiológico, que o HR não tinha nenhum leito de UTI disponível. 

No começo da semana, a Santa Casa convocou uma entrevista coletiva para divulgar que os leitos de UTI disponíveis para covid-19 também estavam todos ocupados e os pacientes estavam sendo atendidos na ala vermelha do hospital, a emergência. 

 Apesar da situação crítica no estado, o Prefeito Marcos Trad (PSD) abrandou as medidas de lockdown dos últimos dias e liberou atividades comerciais, funcionamento de shoppings e restaurantes nos finais de semana. 

 

 
 

Felpuda


A lista do Tribunal de Contas de MS, com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros de quando exerceram cargos públicos, está deixando muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!