Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

HU suspende atendimentos ambulatoriais e restringe visitas a pacientes

Medida foi tomada por conta da pandemia do novo coronavírus
18/03/2020 18:38 - Daiany Albuquerque


O Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian informou nesta quarta-feira (18) que suspendeu os atendimentos ambulatoriais na unidade, as cirurgias e exames eletivos e restringiu as visitas a pacientes. Essas medidas foram tomadas em virtude da pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em comunicado, o hospital informou que esses atendimentos já foram suspensos a partir de hoje e não tem data para serem retomados. “Estão mantidos os ambulatórios para gestação de alto risco, pós-operatórios, pulsoterapia e TAP (paciente cardiológico que faz controle de TAP)”, diz trecho do documento.

Os exames de imagem e exames laboratoriais eletivos (agendados) serão suspensos a partir de quinta-feira (19). Já as cirurgias eletivas que estavam agendadas serão suspensas a partir desta sexta-feira, conforme nota do HU. “Atendimentos, exames e cirurgias de urgência e emergência serão mantidos”.

As visitas a pacientes sofrerão as seguintes mudanças: visitas ampliadas suspensas em todos os setores; visitas suspensas na área vermelha do Pronto Atendimento Médico, CTI Pediátrico, Enfermaria da Pediatria, Maternidade e Pré-parto; visitas autorizadas apenas aos pais no Pronto Atendimento Médico Pediátrico, Unidade de Cuidados Intermediários Neonatais, UTI Neonatal e Unidade Canguru.

Além disso, para as visitas com horários diferenciados em alguns setores será permitida a entrada de apenas um visitante, uma vez ao dia, com 30 minutos de duração, nos seguintes locais: Clínica Médica às 10h; CTI Adulto às 11h30; Clínica Cirúrgica 2 às 13h; PAM Área Amarela às 15h; PAM Área Verde às 15h; CTI Adulto às 15h30; Unidade Coronariana (UCO) às 16h30; Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP) às 17h; e Clínica Cirúrgica 1 às 19h.

“Está proibida a permanência de pessoas com 60 anos ou mais, gestantes, hipertensos, cardiopatas e diabéticos nas dependências do Hospital, seja na condição de acompanhantes ou visitante”, determinou a unidade hospitalar.
O HU também suspendeu as visitas à Capelania Hospitalar e todos os trabalhos voluntários e afins nas dependências do Hospital. “As suspensões de atendimentos e serviços visam evitar aglomerações, reduzir a circulação de pessoas e racionalizar o consumo de insumos e materiais necessários aos atendimentos de casos de urgência”, finalizou.

Este é o segundo hospital que decide fechar os atendimentos ambulatoriais por conta do novo coronavírus. No início da semana a Santa Casa de Campo Grande, o maior hospital do Estado, também havia fechado o setor.

 

Felpuda


Pré-candidatos que em outras eras cumpriram mandato e hoje sonham em voltar a ter uma cadeira para chamar de sua estão se esmerando em apresentar suas folhas de trabalho. O esforço é grande para mostrar os serviços prestados, mas estão se esquecendo que a cidade cresceu, os problemas aumentaram e aquilo que já foi tido como grande benefício hoje não passa da mais simples obrigação diante do progresso e das novas exigências legais. Assim sendo...