Clique aqui e veja as últimas notícias!

CORONAVÍRUS

Idosos entre 65 e 74 anos podem se cadastrar para receber vacina contra Covid-19

Apesar de não ser obrigatório, sistema pode agilizar procedimento de vacinação em Campo Grande
04/02/2021 11:49 - Gabrielle Tavares


Pessoas de 65 a 74 anos podem realizar o cadastro para se vacinar contra a Covid-19 pelo sistema da prefeitura de Campo Grande. A identificação prévia será usada para agilizar o atendimento na hora de receber a vacina, reduzindo o tempo de permanência no de imunização.

A princípio, só estava permitido para cadastro o público prioritário na primeira fase da campanha: profissionais da saúde, pessoas com mais de 75 anos, idosos institucionalizados e indígenas aldeados.

Contudo, com a chegada de novos lotes de vacina, idosos acamados com 60 anos ou mais devem ser incluídos no cronograma de vacinação contra a Covid-19, como informou o secretário de Saúde de Campo Grande, José Mauro de Castro Filho.

Últimas notícias

É necessário preencher um questionário com dados pessoais e um documento oficial com foto para ambos. No caso de profissionais de saúde, anexar um comprovante de vínculo que pode ser a imagem da carteirinha do conselho de classe ou holerite.

Importante ressaltar que o cadastro não é um agendamento, somente auxílio o processo de vacinação para evitar aglomerações.

Passo a passo 

1- Acesse o site vacina.campogrande.ms.gov.br e clique em "+identificar";

2-Selecione o campo em que se enquadra e clique em "Continuar", repita até ter terminado de informar todos os dados;

3- Antes de finalizar a identificação, será necessário enviar documentos de identificação obrigatórios para a vacinação (carteira de conselho da categoria; e/ou documento com foto; e/ou documento de vínculo empregatício; dentre outros);  

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informará através desse sistema a data e o local de vacinação de quem se identificou.

A identificação pelo sistema não é obrigatória, quem não conseguir se indentifucar pela internet poderá se dirigir aos locais de vacinação tendo em mãos os documentos obrigatórios.

Atenção para golpes

Ministério da Saúde tomou conhecimento de tentativas de golpes pelo celular utilizando este processo como pretexto para lesar cidadãos.

A pasta divulgou nota alertando para essas iniciativas e reiterando que não faz agendamento de vacinação, não solicita dados das pessoas nem envia quaisquer tipos de códigos para usuários do sistema de saúde.

Não informe seus dados pessoais em qualquer outro lugar, sem ser o sistema da prefeitura. Se alguém receber ligações ou mensagens pelo celular solicitando qualquer tipo de informações para receber a vacina, a orientação do Ministério da Saúde é que a pessoa não forneça qualquer dado e denuncie a autoridades competentes.

O Ministério da Saúde destacou ainda que o Sistema Único de Saúde é universal e gratuito.

Idosos com mais de 80 anos

O público acima de 80 anos e com baixa mobilidade já começou a receber o imunizante, neste caso, equipes volantes vão às residências daqueles que fizeram o cadastro nas unidades de saúde da Capital.

O secretário explica que a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) já identificou cerca de 4 mil idosos acamados com mais de 60 anos no mapa de cadastros nas unidades públicas de saúde.

“É importante que a população que não esteja cadastrada na sua unidade faça o cadastro, porque esse sempre foi o trabalho da atenção primária. Uma vez com o cadastro feito, nós identificamos no nosso mapa 4 mil pessoas acamadas precisando ser vacinadas”, detalhou.

Filho afirma que há 1.147 acamados com idade acima de 80 anos registrados e que já estão sendo imunizados, com apoio da Câmara Municipal.

Assine o Correio do Estado