Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SAÚDE

Feriadão impacta números do coronavírus e Regional alcança 95% de ocupação

Foram novos 652 casos confirmados e 13 óbitos nas últimas 24 horas em Mato Grosso do Sul
23/09/2020 13:27 - Gabrielle Tavares


As aglomerações geradas no feriado da Independência estão resultando nos casos da covid-19 nesta semana, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde. A taxa de ocupação dos leitos no Hospital Regional de Campo Grande, referência no tratamento da doença no Estado, está em 95%.

Os dados foram anunciados pelo secretário da SES, Geraldo Resende, nesta quarta-feira (23). “Recebemos informações de que em Ponta Porã, tem 18, dos 20 leitos, ocupados. Em Paranaíba todos os 10 leitos estavam ocupados ontem (22)”, disse.

“As festas que vimos por fotos que recebemos de Bonito, Rio Verde, no interior e Capital, nós estamos colhendo agora. Desobediência civil contra nossas recomendações, essa semana está se tornando a nona semana com a média móvel elevada. A doença está presente, não vamos afrouxar”, advertiu Resende.

A secretária adjunta de Saúde, Christine Maymone, ressaltou que os sintomas demoram, em média, 7 dias para começarem a surgir depois da infecção, por isso somente agora os casos começaram a ser notificados às secretarias.

No feriado prolongado, balneários do Estado ficaram lotados. Em Bonito, onde a Secretaria de Turismo do município criou descontos nos pacotes para sul-mato-grossenses, havia até fila para passar na barreira sanitária e conseguir entrar na cidade.

 
 

Boletim Epidemiológico

Foram novos 652 casos confirmados nas últimas 24 horas em Mato Grosso do Sul, 236 deles em Campo Grande, 80 em Corumbá, 58 em Dourados e 35 em Três Lagoas.

Do número total infectados desde o início da pandemia, 65.611, a maioria deles são de recuperados, 58.406. Outros 5.544 estão em isolamento domiciliar e 457 internados, um proveniente de outro estado e não contabilizado nos casos de Mato Grosso do Sul.

Os leitos clínicos são ocupados por 231 pacientes – 159 públicos e 72 privados – e os leitos de UTI abrigam 227 pessoas – 169 públicos e 58 privados.

São 3.065 casos sem encerramento pelos municípios e 1.342 amostras em análise no Lacen-MS. O laboratório passa a funcionar com duas novas máquinas, o que possibilita a capacidade de fazer 1.800 testes RT-PCR por dia.

As cinco cidades mais afetadas pela doença no Estado são Campo Grande, com 28.831 casos, Dourados, 6.940, Corumbá, 3.866, Sidrolândia, 1.981, e Três Lagoas, 1.904.

Óbitos

Foram 13 mortes de ontem para hoje em Mato Grosso do Sul. Com os novos dados, o Estado chega a 1.204 vítimas fatais da doença, com 1,8% da taxa de letalidade. De acordo com a média móvel, são 12 pessoas que morrem por dia pela covid-19.

Nas últimas 24 horas, foram cinco óbitos em Campo Grande, quatro mulheres e um homem, com idades entre 74 e 91 anos.

Sonora, Ivinhema, Maracaju, Sidrolândia, Corumbá, Anastácio, Batayporã e Três Lagoas tiveram uma morte cada, 5 mulheres e 3 homens, com idades entre 56 e 88 anos.  

Das 13 vítimas, somente duas não apresentavam nenhuma comorbidade.

 

Felpuda


Falatório e atitude de membro da família acenderam a luz vermelha no “QG” de candidato, pois poderão causar muitos estragos. 

A tropa de choque de defensores do candidato a prefeito já foi colocada em campo e só falta falar que os genes de ambos são diferentes. 

E com relação ao dito-cujo, sabe-se que deverá ser orientado a “baixar a bola” nos próximos dias, mais precisamente até o término da campanha eleitoral.

Afinal...