Clique aqui e veja as últimas notícias!

INCÊNDIO

Corpo de funcionário que morreu em incêndio de tapeçaria não estava carbonizado, diz bombeiros

Tapeçaria pegou fogo na tarde de terça-feira (23); corpo de funcionário foi achado após 6h30min de buscas
25/11/2021 12:40 - Izabela Cavalcanti


O corpo de Lucas Correia Queiroz, de 21 anos, funcionário da tapeçaria que pegou fogo na terça-feira (23), por volta das 16h, não estava carbonizado, segundo informações do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul.

"Ele não estava carbonizado, ele estava deformado. Não era carbonizado, carbonizado fica tudo preto", explicou o Major Fábio de Lima, chefe de comunicação do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul.

Ainda não se sabe o que ocasionou a morte, mas de Lima ressaltou que 70% das mortes em incêndio são devido à fumaça.

Informações preliminares apontam que as chamas começaram após brincadeira com fogo entre funcionários. No entanto, a Polícia Civil irá investigar o que, de fato, aconteceu.

Lucas foi encontrado sem vida, no mezanino da tapeçaria, após 6h30min de buscas pelo Corpo de Bombeiros.

No momento em que as chamas começaram, havia apenas dois funcionários na loja, Lucas e Eduardo, de 28 anos.

Eduardo, que conseguiu sair a tempo, seguiu para a porta da frente e Lucas correu para a parte de dentro.