Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DOURADOS

Indígena é encontrado morto dois <br>dias depois de sair para trabalhar

Bicicleta que estava com idoso não foi localizada
03/01/2019 18:41 - FÁBIO ORUÊ


 

O indígena José Nunes, de 62 anos, foi encontrado morto na tarde desta quinta-feira (3), na Aldeia Bororó, em Dourados. Ele saiu de sua casa na terça-feira (1) dizendo que trabalharia e não retornou mais.

De acordo com o site Dourados News, o corpo, que já estava avançado estado de decomposição, foi encontrado por moradores, próximo a uma mata, na mesma aldeia onde a vítima mora. Eles então avisaram as lideranças indígenas.

A Polícia Civil foi acionada e se dirigiu até a Reserva na companhia da Perícia . Segundo a família, no dia 1º de janeiro, ele pegou a bicicleta e suas ferramentas e saiu de casa dizendo que iria trabalhar, já que presta serviços gerais. José teria parado em outro local para almoçar, se deslocando em seguida para a região onde foi encontrado.

Ainda não há informações sobre o que motivou o óbito e o corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol). A bicicleta da vítima não foi localizada, apenas a caixa de ferramentas. Caso segue em investigação.

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?