Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

BOLETIM

Internações por Covid-19 voltam a aumentar e preocupa Saúde em Mato Grosso do Sul

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 770 novos casos e 17 mortes pela doença
25/09/2020 10:46 - Glaucea Vaccari


Número de pacientes internados por covid-19 voltou a ultrapassar a cada dos 500 em Mato Grosso do Sul, número considerado elevado e preocupante pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Em live realizada nesta sexta-feira (25) para divulgação do boletim epidemiológico, secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, afirmou que houve aumento tanto das internações tanto em leitos clínicos quanto de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“No pico máximo, em agosto, tínhamos média de 500 a 550 internações. Baixamos para 450 e nos últimos dias estamos chegando de novo na média de agosto, de 500 a 550. É uma questão que nos preocupa”, disse Resende.

Conforme a secretária adjunta de Saúde, Christine Maymone, são 257 pacientes em leitos clínicos e 244 em leitos de UTI.

“A ocupação de leitos clínicos aumentou e precisamos lembrar que, conforme a evolução da doença, os pacientes dos leitos clínicos podem precisar de leitos de UTI”, explicou.

Taxa de ocupação global de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) é de 78% na macrorregião de Campo Grande, 69% em Dourados, 39% em Três Lagoas e 82% em Corumbá.

Outra questão preocupante, segundo Resende, é a alta taxa de contágio, que está em 1,06, e a média alta de casos confirmados por dia, de 625,5 por dia.

“Estamos entrando na décima semana consecutiva de platô elevado de casos novos, das taxas de internações e de óbitos, temos que trabalhar em conjunto, com os municípios, com a sociedade de modo geral para fazer declinar essa curva que se mantém muito alta no Mato Grosso do Sul”, afirmou.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 770 novos casos e 17 mortes por Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Quando aos óbitos, foram 11 vítimas em Campo Grande, duas em Corumbá, e uma em Costa Rica, Miranda, Sidrolândia e Três Lagoas.  

Estado soma 67.196 casos confirmados desde o início da pandemia, com 59,118 recuperados.  

Quanto as mortes, são 1.234 vítimas, com média móvel de 12 por dia. Taxa de mortalidade continua em 1,8.

 
 

Felpuda


Racha em entidade religiosa teve péssimas consequências eleitorais na disputa por vagas na Câmara Municipal de Campo Grande.

O quiproquó, também, digamos, com nuance familiar, provocou estragos da-que-les.

Aí, como consequências, fez com que quem está não conseguisse votos suficientes para permanecer em 2021-2024 e quem estava fora tentando retornar ficasse à beira do caminho. 

Como se vê...