Clique aqui e veja as últimas notícias!

CAMPO GRANDE

Por risco de perder recurso milionário, justiça nega liminar e mantém obras do corredor de ônibus

Comerciantes da região alegaram que não houve consulta popular e obra traria impactos negativos
03/05/2021 12:30 - Glaucea Vaccari


O juiz Ariovaldo Nantes Côrrea, da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande, negou liminar para suspender as obras de implantação dos corredores de ônibus na Rua Bahia e Avenida Coronel Antonino.

Magistrado afirma que, na hipótese de ser o projeto interrompido ou alterado, há o risco do município perder recursos oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal, na ordem de R$ 120 milhões, o que poderia inviabilizá-lo.

A ação popular foi proposta por comerciantes e moradores da região, que pediram a concessão de liminar para que fosse determinada a interrupção ou paralisação das obras e imediata fiscalização do projeto, por supostos indícios de atos lesivos ao patrimônio público.

Alegação é de que não houve consulta ou participação popular para que os moradores, usuários do transporte coletivo e comerciantes apresentassem sugestões e questionamentos, o que estaria em desacordo com a Lei da Mobilidade Urbana.

Últimas notícias