Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

PANDEMIA

Lacen realizou mais de 131 mil testes ‘padrão ouro’ de Covid-19 desde março

Avaliação da OMS é positiva sobre a política de combate à pandemia no MS
26/10/2020 09:21 - Da Redação


Com equipamentos modernos, O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) foi responsável pela realização de mais de 131 mil testes ‘padrão ouro’ (RT-PCR) com resultados prontos em menos de 72 horas. 

De acordo com comunicado da Secretaria de Estado de Saúde (SES), o Lacen realiza 1,8 mil testes/dia, atualmente. Com essa agilidade, o laboratório se transformou em uma das principais armas no combate ao coronavírus no Estado, como o Correio do Estado já noticiou.

Em visita feita à Capital na sexta-feira (16), autoridades da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) colocaram o laboratório como um dos destaques da política local de enfrentamento à Covid-19. 

Para o consultor de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres, do escritório da OPAS e da OMS no Brasil, Rodrigo Frutuoso, as parcerias interssetoriais como a com Corpo de Bombeiros Militar foram importantes. 

“A colaboração de outras instituições, conseguiram se organizar de uma forma tal, que hoje em dia tem um parque tecnológico completamente adequado e que suporta o enfrentamento desta epidemia”

Segundo o diretor do Lacen/MS, Luiz Henrique Ferraz Demarchi, o empenho dos colaboradores foi de fundamental importância e contribuiu para os excelentes resultados da avaliação da OPAS. 

“Tivemos várias parcerias, professores de universidades, da Fiocruz, trabalhando com a gente manualmente, realizando os exames, e ainda continuam fazendo o transporte. É um trabalho árduo, porém, muito gratificante e positivo, agradeço a todos que participaram conosco”.

Durante análise, os técnicos da OPAs constaram de forma positiva que não foram evidenciadas faltas de EPIs ou kits de coleta, incluindo swabs, durante o período de pandemia no Lacen.

Além disso, apontaram a criação protocolos laboratoriais que se estenderam à comunidade indígena e às populações prisionais, o que mostrou rápida resposta quanto a evolução do quadro no Coronavírus no Estado. 

A logística eficiente no transporte de amostras vindas do interior do Estado também foi um ponto registrado como positivo, considerando que a chegada delas ao laboratório é feita antes de completarem 24 horas, classificado como 'excelente' em reposta à Covid-19.

 
 

Felpuda


Racha em entidade religiosa teve péssimas consequências eleitorais na disputa por vagas na Câmara Municipal de Campo Grande.

O quiproquó, também, digamos, com nuance familiar, provocou estragos da-que-les.

Aí, como consequências, fez com que quem está não conseguisse votos suficientes para permanecer em 2021-2024 e quem estava fora tentando retornar ficasse à beira do caminho. 

Como se vê...