Clique aqui e veja as últimas notícias!

CRIME AMBIENTAL

Lenhador e fazendeiro são multados em R$ 5,5 mil por desmatamento ilegal

PMA flagrou o lenhador no momento do crime. Caso sejam condenados, os acusado podem pegar pena de até um ano de detenção
21/02/2021 16:03 - Flávio Veras


Um  lenhador e um fazendeiro foram multados em R$ 5.500, na tarde do último sábado (20), por desmatamento ilegal em uma propriedade rural de Miranda.  

Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), os acusados cortaram 15 árvores da espécie aroeira, sem autorização dos órgãos ambientais do Estado.  

Ainda conforme a PMA, os agentes chegaram até o local após uma denúncia anônima e flagraram um dos indiciados com uma motosserra cometendo o crime ambiental.  

Ao fazer a verificação dos documentos, policiais militares ambientais  descobriram ainda que a máquina não tinha Licença de Porte e Uso (LPU).

Parte da madeira já havia sido retirada e não se encontrava mais no local. O gerente da propriedade admitiu que a fazenda não tinha autorização para cortar árvores.

O dono da terra, de 69 anos, foi multado no valor de R$ 4,5 mil pela exploração ilegal e também responderá pelo crime ambiental de exploração ilegal de madeira. Se condenado, pode pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Já o proprietário da máquina, de 53 anos, teve a motosserra recolhida e foi multado em R$ 1 mil.  

Ele também terá que responder judicialmente pelo crime de uso de motosserra ilegal, podendo ficar de três meses a um ano preso.