Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Lutando contra o câncer, Lúcia realiza o sonho de ser advogada no leito do hospital

Ela recebeu a carteira da OAB nesta segunda-feira, na Santa Casa
02/06/2020 17:02 - Glaucea Vaccari


 

Internada para tratamento de um câncer, Lúcia das Dores Silva Nicolatti, 54 anos, realizou, no leito de hospital, o sonho de ser advogada. Nesta terça-feira (2), ela recebeu a carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MS), em Campo Grande, com transmissão para a família por videoconferência.  

Esposo de Lúcia, o também advogado Américo Antônio Flores Nicolatti, foi quem fez o pedido à OAB para que a mulher recebesse a carteira no hospital. Secretário-geral da Ordem, Stheven Razuk, foi até a Santa Casa e fez a entrega, em solenidade restrita ao marido, médica e alguns familiares.

“Lúcia sempre sonhou em ser advogada. Desde o ingresso na faculdade, uma aluna muito dedicada, determinada, que se formou e passou meses estudando para a tão criteriosa prova da OAB. Ela entrou na rota de milhares de bacharéis para se convalidar como advogada inscrita nessa Casa. Ela passou em um Exame de Ordem disputando com mais de 300 mil bacharéis e com nota 8”, disse o esposo, orgulhoso.

Lúcia também é graduada em pedagogia e história e, antes de ser advogada, já ajudava o esposo e os filhos, todos advogados, no escritório, já com o sonho de também seguir a carreira.  

Foram cinco anos de faculdade e meses de estudo para a prova da Ordem, até que a descoberta de um câncer de ovário pegou todos de surpresa em fevereiro deste ano.  

Segundo o esposo, Lúcia era uma mulher ativa, que caminhava todas as tardes. Em fevereiro, ela viajou a São Paulo, para ajudar a mãe que passou por cirurgia, quando se sentiu mal e recebeu o diagnóstico de que estava com câncer.  

“Um tumor muito agressivo, que infelizmente progrediu rapidamente. Os médicos estão fazendo o possível, sempre nos passando o caso com muita transparência. Temos esperança. Agora é aguardar uma intervenção de Deus”, disse o esposo.  

Na solenidade, o secretário-geral da OAB fez a leitura do juramento, repetido pela agora advogada, com dificuldade e muita emoção.  

Pela internet, a sobrinha Gabriela Nara Nicolatti acompanhou o momento. “Uma mulher cheia de sonhos. A faculdade e a carteira sempre foram um sonho que ela tinha. Uma realização, não só para ela, mas para toda nossa família. Uma grande emoção. Nossa família está muito orgulhosa”, comentou. 

 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...