Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TOQUE DE RECOLHER

Mais de 100 pessoas foram abordadas fora de casa e estabelecimentos foram fechados

Fiscalização continua em Campo Grande
04/04/2020 09:22 - Izabela Jornada


 

Mais uma operação do toque de recolher da Guarda Municipal apontou centenas de pessoas abordadas e orientadas a permanecer do lado de dentro de suas residências. O último levantamento foi de 145 pessoas fora de suas casas após o horários estabelecido (20h), na noite desta sexta-feira (3) esse número foi de 120 pessoas.

Além das pessoas que foram abordadas pela guarda, a fiscalização também orientou 22 estabelecimentos a fecharem as portas e encerrarem o atendimento pessoal. Uma das alternativas oferecida foi a de serviços de compra e entrega de produtos por telefone.

A reportagem do Correio do Estado conversou com dois micro empresários individuais que estão sofrendo com as medidas adotadas pela Prefeitura de Campo Grande. São eles uma cabeleireira, Suelem Guarienti e um barbeiro, Aparecido Alves de Queiroz, de 58 anos, eles tentaram atender seus clientes, mas, devido ao decreto publicado no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), foram obrigados a fecharem. “Antes do Covid (novo coronavírus) já estava difícil. Não tenho como comprar as coisas em casa, pagar o aluguel, pois eu vivo só disso. A situação do Cido é pior, porque ele está com a esposa doente e não tem dinheiro para comprar os remédios”, declarou a cabeleireira que abriu seu empreendimento em setembro de 2019. 

ESTATÍSTICAS

Nos três primeiros dias do toque de recolher, a população obedeceu a determinação e a quantidade de pessoas fora de casa foi reduzindo até chegar a zero no dia 23 de março.

Contudo, no dia 26 aumentou para 155 até bater o recorde no dia 29 de março com 172 pessoas, a maioria sentada na calçada conversando.

NOVAS REGRAS

O prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), anunciou ontem, durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais, que os comércios da Capital serão fiscalizados com a ajuda de 1,5 mil agentes de saúde. O comércio reabre na próxima segunda-feira (6) com horário de funcionamento entre 9h e 16h30. Serviços de saúde voltam imediatamente, shoppings, casas noturnas, rodoviária, camelódromo, academias, barbearias e feiras livres permanecem fechados e o toque de recolher foi alterado para 22h até as 5h, todos os dias.

JUSTIÇA

A Justiça negou, em caráter liminar, o pedido de um casal para que fosse declarado inconstitucional o toque de recolher em Campo Grande. A medida de isolamento social foi motivada pelo avanço do novo coronavírus na cidade. A decisão foi tomada pela magistrada May Melke Amaral Penteado Siravegna, da 4ª Vara Criminal.

OPERAÇÃO

Além das orientações para as pessoas entrarem em suas casas, bem como o pedido para que os comércios fossem fechados, a operação da Guarda Municipal prendeu um homem que foi flagrado cometendo crime de violência doméstica e uma motocicleta foi removida para o pátio do Departamento de Trânsito (Detran) por ter o lacre rompido.

 

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!