Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TÁ CHEGANDO A HORA

Mais de 70 mil candidatos devem fazer Enem em novembro

Estudantes terão até cinco horas e meia para responder 180 questões
23/10/2019 17:44 - ADRIEL MATTOS


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), prova que serve como critério de admissão em universidades públicas do Brasil, será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. Em Mato Grosso do Sul, 70.396 pessoas se inscreveram para fazer o exame, e em todo o país, 5.095.308 participantes tiveram as inscrições confirmadas.

Devido ao fuso horário, o candidato deve ficar atento aos horários. Os portões dos locais de prova serão abertos às 11h e fechado ao meio-dia. É importante lembrar que neste ano não há horário de verão. 

No primeiro domingo, os estudantes terão cinco horas e meia para a realização da prova, que será de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Redação. No segundo domingo, são cinco horas para responder às questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e de Matemática, totalizando 180 perguntas. O acesso à sala só será permitido com a apresentação de documento oficial de identificação com foto.

O  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda ainda que o candidato imprima e leve o Cartão de Confirmação da Inscrição nos dois dias de provas. Só farão a prova aqueles que levaram caneta esferográfica de tinta preta, feita de material transparente. E ao entregar o telefone celular para ser lacrado em um pacote pelo fiscal, o aparelho deve ser desligado. Caso o celular emita algum som durante o exame, o participante será eliminado. Os resultados devem divulgados em janeiro de 2020.

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?