Clique aqui e veja as últimas notícias!

PANDEMIA

Mais de 800 desrespeitaram o toque de recolher nesta madrugada mesmo após de aumento de casos

Desrespeito ao toque de recolher segue na cidade, mesmo após de denúncias e ação de servidores
06/12/2020 09:54 - Rodrigo Almeida


Em força-tarefa para fazer cumprir o decreto municipal que dá validade ao toque de recolher em Campo Grande, servidores municipais fecharam duas festas com cerca de 400 pessoas aglomeradas e orientaram 803 pessoas no total durante a madrugada deste domingo (06).

De acordo com o relatório da Guarda Municipal, uma das festas, chamada de Off na Chácara, no bairro Jardim Noroeste, descumpria as normas de biossegurança e aglomeração de pessoas.

Acompanhe as ultimas noticias do Correio do Estado

Encontravam-se cerca de 100 pessoas que foram orientadas a retornarem a suas residências. Além disso, no local foi encontrado um revólver calibre 38 com cinco munições intactas no banheiro da chácara.

Uma outra festa foi fechada pela Guarda Municipal, agentes da Vigilância Sanitária e da Agência Municipal de Trânsito (Agetran), por volta das 2h. Esta contava com a presença de cerca de 300 pessoas, também em uma chácara na Saída de São Paulo próximo ao aeroporto Teruel.

O comunicado informa que não foi encontrado nenhum responsável por nenhum dos dois eventos.

Ainda segundo o relatório, foram orientados pelas equipes 23 Estabelecimentos comerciais e uma residência. A guarda também informou a prisão de pessoas que praticavam tráfico de drogas durante a noite. 

 
Flagrante de festa com mais de 300 pessoas em chácara na saída para São Paulo, na madrugada deste domingo (06) - divulgação/ Guarda Municipal
 

Desrespeito recorrente

Depois de flagrar cidadãos e comerciantes desrespeitando o toque de recolher em Campo Grande, três pessoas foram presas na madrugada deste domingo pelo mesmo motivo já denunciado pelo Correio do Estado durante a última semana.

Na madrugada de sábado (05) uma casa de shows foi interditada por promover festa clandestina em desrespeito à normativa. 

De acordo com o relatório da Guarda Municipal, que presta auxílio às equipes de Vigilância Sanitária na fiscalização, mais de 100 pessoas se aglomeravam no local.

Como já reportado, na quarta e quinta, o Correio do Estado flagrou estabelecimentos vendendo bebida alcoólica depois do toque de recolher, diversas pessoas se aglomerando em rodinhas e contrariando as normas que pretendem amenizar os impactos da pandemia no sistema de saúde da Capital.

Desde o fechamento do polo de combate à Covid-19 no Parque Ayrton Senna, no fim de setembro, os testes passaram a ser direcionados ao Disk Covid, serviço de atendimento do Corpo de Bombeiros responsável por direcionar atendimentos e sanar dúvidas. 

No último mês, o serviço teve o maior fluxo de atendimentos desde a implantação do sistema.

Nesta sexta-feira, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) divulgou que os leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) estão praticamente lotados em Campo Grande e que deve haver contratação de mais 60 leitos nos próximos dias para atender à crescente demanda de internações.