Clique aqui e veja as últimas notícias!

AGRONEGÓCIO

Mato Grosso do Sul registra recorde no agronegócio em 2020

Especialista defende que adotar medidas sustentáveis é o principal caminho para continuar em alta
14/01/2021 06:00 - Rafaela Moreira

Em meio a tempos de crise devido à pandemia do novo coronavírus, com alterações em diversos setores e isolamento social, o agronegócio se torna ainda mais essencial para garantir o abastecimento de alimentos em todo o mundo, registrando recordes em 2020.

Em entrevista ao Correio do Estado, o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), Mauricio Saito, explicou que fomentar boas práticas na agricultura e pecuária do Estado, é o principal caminho para continuar em alta no mercado, com o mínimo de impacto ambiental.

Últimas notícias

Conforme Mauricio Saito, o conceito gira em torno de conservar ou restaurar a saúde dos solos, reduzir gastos e implantar ações biodegradáveis que geram recompensas financeiras.

“Ser sustentável significa desenvolver ações para assegurar que tenhamos recursos naturais suficientes para as necessidades básicas e bem-estar social das atuais e futuras gerações. Em Mato Grosso do Sul, a sustentabilidade no agro já é uma realidade, com ações que vêm sendo reforçadas ano a ano”, destacou Saito.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que a população mundial atingirá, em 2050, 9,7 bilhões de pessoas, e com isso a agricultura tem a missão de alimentar esse número crescente de habitantes com mínimo de degradação. 

O presidente do Sistema Famasul reforçou a importância do modelo ILPF (Integração Lavoura, Pecuária e Floresta), adotado por produtores sul-mato-grossenses. 

“Estamos entre os quatro maiores estados produtores de alimentos do Brasil, com mais de 40% do nosso território sob vegetação nativa. Somos referência em ILPF, do total de 11,5 milhões de hectares com sistemas integrados em todo o país, 2 milhões estão localizados em Mato Grosso do Sul”, afirmou.

Ainda não acabou... Faça login ou cadastre-se para continuar lendo essa notícia gratuitamente

Receba acesso também a outras notícias exclusivas. É rapidinho e não pediremos seu cartão de crédito :)

Quero Me Cadastrar

Já tem cadastro? Faça login clicando aqui