Clique aqui e veja as últimas notícias!

TEMPO

Após chuvas, Mato Grosso do Sul volta a ter cidades entre as mais secas do País

Sem previsão de chuvas até dia 10, temperaturas sobem e podem chegar a 40°C
05/11/2020 10:58 - Glaucea Vaccari


Após período de chuvas, Mato Grosso do Sul voltou a ter cidades entre as mais secas do Brasil, com índices de umidade relativa do ar a níveis considerado estado de emergência.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), das 20 cidades mais secas do País, cinco são do Estado.

Amambai registrou 12% de umidade, seguida por Costa Rica, com 13%, Coxim e Água Clara com 13% e Corumbá, com 14%.

Previsão do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) aponta que a situação pode continuar pelos próximos dias, já que expectativa de chuva é apenas após o dia 10 deste mês.

Até o fim de semana, temperaturas continuam em elevação, podendo voltar para máximas de até 40°C.  

Em Campo Grande, mínima prevista é de 20°E e máxima de 36°C até o fim de semana.

Isto porque uma massa de ar seco temporária atua sobre o Estado até o dia 9 de novembro, sendo esperado céu claro a parcialmente nublado, calor e queda significativa na umidade relativa do ar.

A variação está estimada entre 65% a 25% ao longo do dia, mas pode ficar abaixo desses índices em algumas localidades.  

Temperaturas devem oscilar entre 15°C e  as temperaturas seguem gradativa elevação, com a mínima podendo registrar 15°C e a máxima 38°C. Na Capital a variação está estimada em 20°C a 32°C.

A partir da próxima terça-feita, chuvas retornam, com maiores acumulados concentrados nas regiões do Pantanal, sudoeste, norte, centro e bolsão.