Cidades

valorização

Médicos pedem mais investimentos e valorização de profissionais da saúde da família

Médicos pedem mais investimentos e valorização de profissionais da saúde da família

AGÊNCIA BRASIL

23/06/2011 - 17h32
Continue lendo...

Base do sistema de saúde, a medicina de família e comunidade precisa de investimentos, valorização social e incentivos à formação de profissionais. A avaliação é do médico Sandro Batista, presidente do 11° Congresso Brasileiro de Medicina de Família, que começa hoje (23) em Brasília.

Médicos, enfermeiros, profissionais de saúde e especialistas vão discutir os desafios do setor e pedir a valorização da atenção primária à saúde como estratégia de melhoria do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo Batista, a política de atenção básica do SUS ainda é subfinanciada, o que eleva gastos  e sobrecarrega outras etapas do sistema.

“O governo diz que trata a questão como prioridade, mas a medicina de família e comunidade está subfinanciada. Os investimentos nessa área podem representar economia em outras. Quando você cuida e acompanha um paciente com hipertensão, por exemplo, ele dificilmente terá que ser internado por um AVC [acidente vascular cerebral], com gastos de internação e medidas pós-hospitalares”, compara o médico.

No começo de junho, o governo anunciou um plano de reestruturação da política de atenção básica do SUS, que deve receber R$ 2,2 bilhões a mais por ano, elevando o orçamento anual de R$ 9,8 bilhões para R$ 12 bilhões. “Queremos aproveitar esse momento político para reafirmar a importância da atenção primária para a melhoria do sistema de saúde do país, por isso decidimos realizar o congresso em Brasília e com o tema Medicina de Família e Comunidade: agora mais do que nunca”, explicou Batista.

Além do financiamento, a formação de profissionais especializados em saúde da família e a valorização do papel social desses agentes também são demandas prioritárias do setor. A figura do médico de família, comum em outras gerações, tem perdido espaço na lógica atual de atendimento de saúde. No entanto, segundo o presidente do congresso, é possível retomar esse espaço e reaproximar médicos e pacientes.

“A medicina de família é mais individualizada, o cuidado é longitudinal, ao longo do tempo. Não é um encontro clínico, o médico conhece as pessoas, estabelece vínculos. É um atendimento mais amplo, trabalha com o geral, enxerga as complexidades relacionadas com a família e com a inserção nas comunidades”.

Mais de 4 mil profissionais de saúde devem participar do congresso, que vai até domingo (26).

DESENROLA FIES

Prazo para renegociação do Desenrola Fies termina nesta sexta-feira (31)

Dados mostram que desde novembro, o programa já beneficiou mais de 283 mil estudantes

27/05/2024 17h30

Prazo para renegociação do Desenrola Fies termina nesta sexta-feira (31)

Prazo para renegociação do Desenrola Fies termina nesta sexta-feira (31) Divulgação: Agência Brasil

Continue Lendo...

Termina nesta sexta-feira (31) o prazo para as renegociações de dívidas estudantis pelo Desenrola Fies, o programa oferecido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), foi lançado em novembro de 2023 a fim de ajudar estudantes a sanar dívidas com descontos de até 99%.

De acordo com dados fornecidos pelo Governo Federal mostram que, desde que foi lançado, em novembro do ano passado, o Desenrola Fies já beneficiou 283.577 estudantes. Até o último dia 15, haviam sido renegociados mais de R$ 12,92 bilhões em dívidas, resultando em um saldo de dívida posterior de cerca de R$ 2,49 bilhões.

No estado de Mato Grosso do Sul, até o mês de abril, cerca de 5.291 estudantes de Mato Grosso do Sul conseguiram aproveitar o benefício, totalizando R$ 249.047.524,40 renegociados.

Em nota, o MEC destacou que o saldo é referente a contratos firmados até 2017 e com débitos em 30 de junho de 2023, abrangendo todos os estados. 

“A medida do governo demonstra um compromisso contínuo em proporcionar alívio financeiro e oportunidades de recomeço para aqueles impactados por dívidas educacionais”.

Vale lembrar que toda a renegociação pode ser feita pela internet, confira: 

MEC e FNDE:

  • Acesse o portal Fale Conosco.
  • Entre em contato pelo telefone 0800 616161.

Caixa Econômica Federal:

  • Acesse o aplicativo da Caixa no seu celular.
  • Entre em contato pelo WhatsApp no número 0800 104 0 104.
  • Ligações podem ser feitas pelo número 4004 0 104 (para capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 104 0 104 (para as demais regiões do País).

Banco do Brasil:

  • Utilize o aplicativo do BB no seu celular.
  • Entre em contato pelo WhatsApp no número 61 4004 0001.
  • Ligue para a Central de Atendimento do BB pelo número 0800 729 0001.

Conheça os critérios para renegociar dívidas: 

1) Para contratos com débitos vencidos e não pagos há mais de 90 dias, em 30/6/2023:

  • desconto de 100% sobre encargos (juros e multas pelo atraso no pagamento) e de 12% sobre o valor financiado pendente, para pagamento à vista; ou
  • parcelamento em até 150 parcelas mensais e sucessivas, com desconto de 100% nos encargos, mantidas as demais condições do contrato (ou seja, ficam mantidas as condições de garantia e eventuais taxas de juros do contrato).

2) Para contratos com débitos vencidos e não pagos há mais de 360 dias, em 30/6/2023, cujos financiados estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) ou tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021:

  • desconto de 92% sobre o valor total da dívida (valor financiado pendente + juros e multas por atraso no pagamento + juros do contrato), para pagamento total do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.

3) Para contratos com débitos vencidos e não pagos há mais de 360 dias, em 30/6/2023, cujos financiados estejam cadastrados no CadÚnico ou tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021, com a data da última prestação prevista em contrato em atraso superior há 5 anos:

  • desconto de 99% sobre o valor total da dívida (valor financiado pendente + juros e multas por atraso no pagamento + juros do contrato), para pagamento total do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.

4) Para contratos com débitos vencidos e não pagos há mais de 360 dias, em 30/6/2023, que não se enquadrem nas hipóteses 2 e 3 acima:

  • a) desconto de 77% sobre o valor total da dívida (valor financiado pendente + juros e multas por atraso no pagamento + juros do contrato), para pagamento total do saldo devedor em até 15 prestações mensais e sucessivas.

5) Para contratos com o pagamento em dia (adimplentes) na data da renegociação:

  • a) desconto de 12% sobre o valor total da dívida, para pagamento à vista do saldo devedor.

Também é necessário ter renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até três salários mínimos.

 

AÇÃO NA CAPITAL

Drive-thru da Reciclagem: 12° edição chega na Capital nos dias 6 a 8 de junho

A ação acontecerá nos Altos da Avenida Afonso Pena e durante esses dias será oferecido atividades educativas e culturais, atrações musicais, teatro para as crianças e ambiente de leitura.

27/05/2024 16h30

Drive-thru da Reciclagem: 12° edição chega na Capital nos dias 6 a 8 de junho

Drive-thru da Reciclagem: 12° edição chega na Capital nos dias 6 a 8 de junho Marcelo Victor

Continue Lendo...

O "Drive Thru da Reciclagem" chega a sua 12ª edição em Mato Grosso do Sul, com o tema "Cidades são sustentáveis" - a ação acontecerá entre os dias 6 a 8 de junho nos Altos da Avenida Afonso Pena entre o estacionamento ao lado do Bioparque Pantanal e o Espaço Municipal de Cultura Vila Morena.

A ação da Prefeitura de Campo Grande realizada por intermédio do Fundo de Apoio à Comunidade (FAC) e em parceria com a startup Du Bem Sustentável e demais parceiros, tem como objetivo conscientizar a população para o descarte correto dos resíduos e mostrar os impactos positivos que são gerados com práticas sustentáveis.

Para participar, os condutores poderão entrar com o veículo e fazer o descarte correto sem precisar descer do carro, serão aceitos: papel, papelão, plástico, garrafa pet, vidro, óleo de cozinha usado, sucata de aço, ferro, eletrônicos, tecido, banner, medicamento vencido, ração, acessório e medicamento para pet, além de lâmpada, pilha, bateria, entre outros.

A coordenadora-geral do FAC, Adir Diniz, explica a importância do evento, a fim de tornar Campo Grande em uma capital cada vez mais sustentável. 

"Tivemos um balanço muito positivo na última edição realizada em março. Neste ano, nosso foco está principalmente na conscientização e no trabalho de educação ambiental com as crianças, pois acreditamos que a educação traz a transformação e a transformação gera cultura", ressaltou.

No espaço montado para o projeto também terá um ambiente destinado à captação de doações, onde poderão ser doados: peças de roupas, calçados, alimentos não-perecíveis e tudo que estiver em boas condições de uso. Todo o material arrecadado será destinado às famílias em situação de vulnerabilidade social assistidas pelo FAC.

Haverá ainda oficinas de "Reaproveitamento de alimentos", "Descarte adequado de resíduos", e "Artesanato Sustentável". Além disso, a programação terá uma série de atividades educativas e culturais, atrações musicais, teatro para as crianças e ambiente de leitura.

Dados gerais

Na 11° edição do Drive-Thru da Reciclagem, foram coletadas 8,8 toneladas de materiais, cerca de 3 toneladas a mais do que na 10° edição.

Ao todo: 52 quilos de latinhas, 430 quilos de livros, 480 quilos de papelão, 630 quilos de papel misto, 85 quilos de garrafas pet, 235 quilos de plástico duro colorido, 230 quilos de plásticos diversos, 45 quilos de sucata de ferro e 560 quilos de vidros foram doados às quatro instituições que compõem a UTR: Atmaras/MS, Novo Horizonte, Coopermaras e Cata MS.

Em relação ao resíduo eletrônico, foram 4.874 quilos. Além do ambiente de descarte, o evento arrecadou roupas, calçados, brinquedos e outros itens, somando um total de 1,2 mil itens. Quem passou pelo evento e contribuiu com a destinação correta dos resíduos levou para casa mudas frutíferas. Durante os três dias de Drive-Thru, 1.550 mudas foram distribuídas.
 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).