Clique aqui e veja as últimas notícias!

SAÚDE MENTAL

Mesmo com pandemia, número de suicídios diminui em Mato Grosso do Sul

Especialistas afirmam que pessoas procuraram mais ajuda, resultando na queda de 30% dos casos
28/12/2020 08:32 - Ana Karla Flores


Mesmo com o isolamento social em razão da pandemia de Covid-19, Mato Grosso do Sul teve queda de 30,8% no número de suicídios este ano, em comparação com 2019. 

Segundo especialistas, a redução ocorreu em função da busca das pessoas em cuidar da saúde mental em um período que pode aumentar os fatores de risco para suicídio, com aumento de angústia, ansiedade e depressão.

Últimas notícias

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o Estado registrou 182 mortes decorrentes de suicídios, uma queda de 81 casos em comparação com 2019, quando foram notificadas 263 mortes e 3.370 tentativas de suicídio.

Campo Grande é a cidade com maior número de suicídios no Estado: registrou 92 mortes em 2019 e 55 mortes em 2020. O município com o segundo maior número de mortes é Dourados, que notificou 23 suicídios em 2019 e 10 neste ano.  

Segundo a psicóloga Izabelli Coleone, durante a pandemia, as pessoas buscam mais ajuda para cuidar da saúde mental, pois ficam mais tempo sem contato social. Isso resultou na queda nos números de suicídio neste ano. 

“A demanda na pandemia e o conhecimento da terapia por meio remoto e psiquiatras com consultas on-line fez com que o sujeito lidasse mais com seus próprios preconceitos. A ideia de ter mais percepção de si e o que se sente estando sozinho faz com que haja um desejo de se escutar e se cuidar”.

Coleone explica que a pandemia cobrou um autoconhecimento diante da privação do convívio social e das aglomerações, fazendo com que as pessoas se encontrassem sozinhas ou em isolamento com pessoas que possuem dificuldades de convivência. 

“A pandemia nos cobrou reconhecer que a nossa saúde emocional e mental fala. Nosso inconsciente trabalha diante das nossas vivências diárias”.