Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ASSISTÊNCIA

Mesmo de forma remota, Defensoria Pública atendeu 544 pessoas por dia

Desde março, em função da pandemia, o atendimento passou a ser feito por meio do site do órgão
05/08/2020 18:38 - Da Redação


Em pouco mais de quatro meses trabalhando de forma remota, por conta da pandemia da Covid-19, a Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul realizou o equivalente a 544 atendimentos por dia, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (5) pela instituição.

Nesses dias, foram 81.660 assistidos em todo o Estado, o que daria 16.332 atendimentos por mês ou 22 atendimentos por hora. A Defensoria também afirma que já contabiliza 236.507 atos neste período, entre atendimento à população em situação de risco, petições e manifestações processuais.

Além do trabalho feito por meio do site da instituição, para alguns casos, também houve atendimento presencial. Foram 3.335 atendimentos presenciais, 5.123 petições iniciais, 4.043 pedidos de habeas corpus, 2.156 pedidos de progressão de regime, expedidos 3.902 ofícios e 18.366 encaminhamentos diversos. 

Conforme a primeira subdefensora-geral, Patrícia Elias Cozzolino de Oliveira, na parte de manifestações processuais, foram realizadas 63.153 na área cível e outras 54.769 na área criminal.

Quem precisar de algum atendimento da Defensoria deve acessar o site www.defensoria.ms.def.br e clicar no banner “Precisa de atendimento?”. O órgão registra a demanda e promete resposta em até 48 horas. A Defensoria entre em contato por meio do telefone informado pelo usuário.

 
 

Felpuda


Figurinha cuja eleição estava sub judice trabalha intensamente para ter a votação legalizada. Isso acontecendo, garante uma das cadeiras de vereador. Assim, quem hoje foi proclamado eleito vai para a fila da suplência.

Caso isso ocorra, a figurinha que corre o risco não deverá ficar desamparada, pois deixou secretaria municipal para disputar as eleições e poderá ter a cadeira de volta em 2021. Agora, resta esperar para ver onde vai parar.