Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TEMPORAL

Meteorologia alerta para tempestades em mais de 50 municípios de MS

Previsão é de pancadas de chuva até o fim de semana
26/02/2020 07:47 - Bruna Aquino


 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de perigo potencial para tempestades em mais de 50 municípios de Mato Grosso do Sul. O aviso informa que haverá possibilidade de chuva intensa entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40 – 60 km/h). Com isso, poderá haver baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. 

Segundo o Inmet, as pancadas de chuva atingem a maioria do Estado até neste sábado (29). Nesta quarta-feira de cinzas o tempo será formado de nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas no sul e sudoeste de Mato Grosso do Sul. Nas demais áreas, parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas no decorrer da tarde e início da noite.

As temperaturas ficam mais baixas também. Nesta quarta-feira, a mínima marca em torno de 20 °C, mas deve cair durante a semana. Na sexta-feira, por exemplo, a previsão é de 16 °C. 

Em Campo Grande, a chuva começou ontem, continua nesta quarta e segue até o fim de semana. Por conta da chuva, há registros de falta de luz no bairro Monte Castelo e região. 

O Instituto também alerta que para em casos de chuva e rajadas de vento as pessoas não devem se abrigar debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Além disso, a orientação é evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. 

Em casos mais graves, a população pode entrar em contato com a Defesa Civil 199 e o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.

Felpuda


Dia desses, há quem tenha se lembrado de opositor ferrenho – em público –, contra governante da época, mas que não deixava de frequentar a fazenda de “sua vítima” sempre que possível e longe dos olhos populares. Por lá, dizem, riam que só do fictício enfrentamento de ambos, que atraía atenção e votos. E quem se lembrou da antiga história garantiu que hoje ela vem se repetindo, tendo duas figurinhas carimbadas nos papéis principais. Ô louco!