Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SOLIDARIEDADE

Ministério da Saúde lança campanha de doação de sangue

Pasta pretende manter as doações durante o período da pandemia do novo coronavírus
13/06/2020 04:00 - Agência Brasil


 

O Ministério da Saúde lançou na sexta-feira (12) a Campanha Nacional de Doação de Sangue 2020. Com a medida, a pasta pretende manter as doações durante o período da pandemia do novo coronavírus, estabelecendo medidas de distanciamento social e de higiene nos hemocentros de todo o país. 

O ministério reforça que a doação é necessária para manter os estoques de sangue para atendimentos de emergência, cirurgias de grande porte e tratamento de pessoas com doenças crônicas. De acordo com os dados apresentados, 2020 é o 4° ano de queda no número de doações.

Para doar, é preciso ter entre 16 e 69 anos, não ter ingerido ingerir álcool nas últimas 12 horas, pesar no mínimo 50 kg e estar em boas condições de saúde. 

Segundo Rodolfo Duarte, coordenador de Sangue e Hemoderivados do Ministério da Saúde, todas as medidas estão sendo tomadas para evitar a contaminação pela covid-19 nos locais de coleta. 

“Agradeço a toda população brasileira que ajudou ao longo desses anos e peço a colaboração para que continue comparecendo ao hemocentro porque é seguro. Nós garantimos a segurança com todas as medidas que estão sendo tomadas em todos os estados para receber vocês em segurança e para que vocês tragam essa segurança para aquelas pessoas que precisam dentro dos hospitais e nos ambulatórios de tratamento”. disse. 

De acordo com a pasta, em 2019, houve queda de 2,5% no número de bolsas de sangue coletadas em todo o país. Em 2018, foram registradas 3.290.867 frequências de coletas. No ano passado, foram 3.271.824 coletas.  

Pela análise de perfil, 60% dos doadores são homens e 40% são mulheres. 63% dos doadores são maiores de 29 anos 

De acordo com o ministério, 1,6% da população brasileira (16 a cada mil habitantes) doa sangue. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que 1% da população seja doadora. 

A campanha, que também foi lançada em comemoração Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho, será veiculada a partir de hoje no rádio, na televisão e na internet.

ATUALIZAÇÃO DE CASOS

Segundo o boletim epidemiológico de hoje, o número de casos confirmados de covid-19 subiu para 828.810. Há, atualmente, 421.919 casos em acompanhamento. O boletim informa também que nas últimas 24 horas foram registrados 909 óbitos relacionados à covid-19. O número total de óbitos ficou em 41.828.

PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Segundo a secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, o governo passará a divulgar os números de adoecimentos de profissionais de saúde. Há uma plataforma específica para consulta dos dados, que passa a fazer parte da página de dados do novo coronavírus mantida pelo Ministério da Saúde.

 

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.