Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

QUEIMADAS

Ministro anuncia investimentos de recuperação do bioma Pantanal

Ministro e senadores sobrevoaram região sul-mato-grossense neste sábado
03/10/2020 17:34 - Carol Alencar Cozzatti


O ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles esteve em Mato Grosso do Sul neste sábado (03) para sobrevoar áreas afetadas pelas queimadas no Pantanal. 

Após o sobrevoo, que durou cerca de 30 minutos na região do pantanal sul-mato-grossense, Salles, o secretário de Assuntos Estratégicos do Governo Federal, Almirante Rocha e demais senadores se reuniram no Centro de Convenções em Corumbá.

Em seu discurso, o ministro enfatizou que o governo federal fará investimentos pela recuperação das áreas degradadas e, também, com medidas preventivas.

"A pobreza é o maior inimigo do Meio Ambiente. Quem está aqui não é o Ricardo Salles e sim o governo federal que vai colocar brigada permanente no Pantanal", pontuou.

Até o momento, a União já disponibilizou R$ 3,8 milhões para o combate às chamas no Pantanal de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

O ministro afirmou ainda que a região passa por uma onda atípica de calor. 

“Esse é o ano mais quente dos últimos 60 anos, o que reduz a capacidade de resposta do ponto de vista de água e umidade, e nós precisamos ter muita objetividade: como vamos enfrentar o problema agora e estruturar a solução para o futuro”. 

LEIA também as últimas notícias 

 

 
 

LEIA também as últimas notícias 

O senador Nelsinho Trad (PSD/MS), relator da Comissão Temporária de Controle das Queimadas no Pantanal do Senado Federal, conduziu a diligência externa de trabalhos dos parlamentares na região pantaneira de Mato Grosso do Sul.

"Fizemos um sobrevoo de 30 minutos, foi possível enxergar os incêndios e o baixo nível do Rio Paraguai, característica deste bioma", disse Trad otimista em sensibilizar as autoridades federais para um socorro imediato na região.

Diante do cenário devastador de 3,4 milhões de hectares destruídos (23% da área total), o presidente da comissão, senador Wellington Fagundes (PL/MT), o relator senador Nelsinho Trad e os membros titulares, senadoras Simone Tebet e Soraya Tronicke se comprometeram em estudar mecanismos, como o Estatuto do Pantanal, pela preservação do maior patrimônio da humanidade, com apoio de instituições e sociedade em geral.

Atualmente, segundo o diretor do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente), coronel Luiz Carlos Marchetti, 90 homens brigadistas de MS e 45 cedidos do Nordeste estão trabalhando no combate aos incêndios no Pantanal. 

Os trabalhos contam também com atuação de dezenas de bombeiros, sendo 31 cedidos do Paraná. "Essa é a maior queimada de toda história de Mato Grosso do Sul", afirmou o governador Reinaldo Azambuja (Psdb).

 

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido