Cidades
GUERRA

Miss Ucrânia, praticante de airsoft, decide lutar na guerra contra Rússia

Vencedora do concurso em 2015, decidiu largar trabalho com relações públicas para se juntar ao combate

FOLHAPRESS

28/02/2022 16:30

Enquanto os conflitos entre Rússia e Ucrânia se intensificam, o número de cidadãos de ucranianos dispostos a defender seu país só aumenta.

A Miss Ucrânia de 2015, Anastasiia Lenna, decidiu se afastar do seu trabalho como relações públicas e embarcar no conflito armado para impedir o avanço das tropas russas no país.

"Não sou militar. Sou só uma mulher, humana. Nasci e moro em Kiev. A Ucrânia é meu país. Nós ucranianos não temos culpa de nada. Estamos na nossa terra! Vamos vencer!" A mensagem foi publicada no Instagram de Anastasiia em 22 de fevereiro.

A Miss explicou que é praticante de airsoft, esporte de ação que simula situações de combate com armas, há alguns anos e está disposta a defender seu país da ameaça da Rússia.

"Eu não quero fazer propaganda. Só mostrar que as mulheres ucranianas são fortes, confiantes e poderosas", disse Anastasiia, que ainda pediu aos seguidores que espalhassem mensagens contra as agressões da Rússia.

"Todos que cruzarem as fronteiras da Ucrânia com a intenção de invadir nosso país serão mortos", avisou.