Cidades
DOURADOS

Motorista que atropelou e matou PM teria bebido 'meia lata' de cerveja antes do acidente

Acidente foi registrado no fim de semana e reservista morreu antes da chegada do socorro

Da Redação

11/04/2022 11:15

Na noite de ontem (10), o motorista que atropelou e matou o PM José Domingos de Moraes Chaves, 62 anos, no fim da tarde de sábado (09), se apresentou à polícia alegando que bebeu "meia" lata de cerveja antes do acidente, que na avenida Marcelino Pires em Dourados, próximo ao Monumento do Colono, saída para Campo Grande.

Conforme o delegado responsável, Gustavo Mussi, o rapaz não foi preso em flagrante por se apresentar espontaneamente fora das 24h, e responderá em liberdade, a princípio, por homicídio culposo. As investigações devem continuar para apurar as causas do acidente.  

Conforme a mídia local, José Domingos andava de bicicleta fora da ciclovia, que estava tomada pelo mato. Em depoimento, o motorista de aplicativo disse que atropelou o PM a uma velocidade de 40 km/h. Ele afirmou que tinha tomado "meia lata" de cerveja antes do acidente.