Clique aqui e veja as últimas notícias!

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Ministério Público do Estado lança campanha para combater violência contra a mulher

Em parceria com Consórcio Guaicurus, ações serão realizadas em ônibus para prestar apoio para mulheres vítimas de violência doméstica
25/11/2020 18:20 - Ana Karla Flores


Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) em parceria com o Consórcio Guaicurus lançou campanha hoje (25) para combater violência contra a mulher e apoiar as vítimas. A ação tem objetivo de dar visibilidade às diversas formas de violência de gênero e doméstica contra as mulheres, como uma questão pública a ser enfrentada. 

De acordo com o Procurador Geral de Justiça MPMS, Alexandre Magno Lacerda, a campanha não é só para mostrar a criminalização da violência, mas sim para prestar apoio psicológico, emocional e familiar para toda mulher vítima de agressão. “É todo um contexto, por isso a campanha é ‘Estamos aqui para apoiar você’”. 

Acompanhe as últimas notícias do Correio do Estado

Lacerda explica que a ideia inicial era distribuir panfletos nos pontos de ônibus, no entanto, com a pandemia o Ministério teve que avaliar outras formas de divulgação. “A tendência é que fortalecemos uma campanha através das redes sociais, através do mundo virtual”.

A campanha, criada pela Assessoria de Comunicação do MPMS, contou com a colaboração de parceiros e fornecedores para a produção de cartazes, panfletos, “backbus”, “busdoors”, comerciais para rádio e televisão e posts nas redes sociais.

Os produtos desenvolvidos pretendem estimular as vítimas de relacionamentos abusivos a reconhecerem que foram agredidas e buscarem ajuda.

Em Campo Grande, a campanha será concentrada principalmente em regiões que, segundo os registros da 72ª Promotoria de Justiça, que atua na Casa da Mulher Brasileira, apresentam o maior índice de violência contra as mulheres. 

São eles: Aero Rancho, Moreninhas, Tiradentes, Noroeste, Nova Lima, Nova Campo Grande, Regiões do Anhanduzinho e Imbirussu.

Diretor-presidente do Consórcio Guaicurus, João Rezende, ressalta que ações vão alcançar diretamente a maior parcela dos usuários de ônibus do Estado, que são as mulheres.

 “O Consórcio disponibiliza todo esse trabalho, que com certeza tem um alcance direto com nossa clientela principal. Hoje o transporte coletivo no Brasil tem na sua maioria mulheres”, explica.

Segundo Rezende, as medidas que serão realizadas, com adesivagem em várias locais dos ônibus tem um grande alcance de divulgação. 

“Com essa providência tem impacto bastante grande, consegue colocar na rua esse tema com intensidade e completando com divulgação da imprensa. Que nós tenhamos resultados práticos para diminuir a violência contra a mulher”, afirma.

A iniciativa é realizada por meio do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Constitucionais do Cidadão, Direitos Humanos e Pessoas com Deficiência e do Núcleo de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (NEVID), em alusão aos “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”.

Organizada pela ONU Mulheres, os “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” é uma mobilização da sociedade civil e do poder público, engajados no enfrentamento a esta questão.