Clique aqui e veja as últimas notícias!

VACINAÇÃO

Mato Grosso do Sul já tem 190 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Mais de 10 mil imunizantes chegaram ontem (25) no Aeroporto Internacional de Campo Grande
26/01/2021 14:02 - Naiara Camargo


Mato Grosso do Sul já pode vacinar cerca de 100 mil pessoas, com suas 190 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Isto porque as vacinas Coronavac são divididas em duas doses, enquanto as de Oxford serão todas usadas para primeira aplicação.

Os primeiros a serem vacinados, que já estão sendo imunizados, são idosos internados ou residentes em asilos; profissionais de saúde que atuam na linha de frente em combate à doença e indígenas.

Já foram entregues ao Estado três remessas de vacinas. A primeira foi em 18 de janeiro, quando 158.760 doses da Coronavac pousaram na Base Aérea de Campo Grande em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

Últimas notícias

A segunda foi no último domingo (24), quando 22 mil doses da vacina de Oxford chegaram no Aeroporto Internacional de Campo Grande em um avião da Azul Linhas Aéreas.

A terceira e última remessa, com 10.200 doses Coronavac, chegou ontem (25), também no Aeroporto Internacional da capital, em um voo da Latam Airlines Group.

“Não vamos descansar sábados, domingos, feriados. Vamos trabalhar incessantemente para ter sucesso nessa batalha final que é aguardada por tanta gente”, exclama Geraldo Resende, secretário de Estado de saúde.

Até sexta-feira (22), 16.775 pessoas já foram vacinadas contra o novo coronavírus em Mato Grosso do Sul, de acordo com informações das Secretarias municipais e estadual de Saúde.

Logística

Mato Grosso do Sul serve como exemplo a outros estados na eficiência e agilidade em distribuir grandes quantidades de vacina em tão pouco tempo.

Uma força-tarefa que contou com o apoio da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar possibilitou a urgência na entrega dos imunizantes. 

“Em menos de 24 horas, nós chegamos a todos os 79 municípios. Foi uma integração de resultado que funcionou muito bem”, afirma Reinaldo Azambuja, governador, se referindo à primeira remessa. 

Geraldo assegura que ninguém vai furar a fila da vacina ou passar na frente de alguém. 

Recomendações

É importante ressaltar que mesmo já imunizado, o paciente demora cerca de um mês para criar imunidade contra o vírus, por isso, é aconselhado o uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento social.

A SES afirma que o isolamento social; o uso de máscara e álcool gel e a higienização das mãos com água e sabão são medidas imprescindíveis para conter a propagação do novo coronavírus.

Panorama da Covid-19 em 26 de janeiro 

De acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES) desta segunda-feira (26), Mato Grosso do Sul já possui 157.758 casos confirmados e 2.839 óbitos pela doença, desde o início da pandemia. 

De ontem para hoje, foram registrados 1.047 novos casos e 20 mortes no Estado. Em isolamento domiciliar encontram-se 8.970 doentes. Recuperados totalizam em 145.442.

Há 507 pessoas internadas, sendo 262 em leitos clínicos (168 público; 94 privado) e 245 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (181 público; 64 privado).

Campo Grande registrou de ontem para hoje 262 novos casos; Dourados 105; Três Lagoas 84; Corumbá 71; Paranaíba 45; Caarapó 29; Inocência 23; Naviraí 23; Anastácio 21; Aquidauana 20 e Eldorado 16.

Campo Grande, Ponta Porã, Cassilândia, Bonito, Corumbá, Figueirão, Três Lagoas, Jardim e Dois Irmãos do Buriti são as cidades que apresentaram mortes nas últimas 24 horas.

O Brasil já possui 8.871.393 infectados pelo vírus e 217.664 óbitos, segundo dados do Ministério da Saúde.

Assine o Correio do Estado