Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POSSIBILIDADE

MS poderá incluir testes rápidos da Covid-19 no drive-thru

Decisão depende de quantos kits o Governo Federal encaminhará ao Estado.
06/05/2020 10:25 - Ricardo Campos Jr


 

O Governo Federal pretende comprar pelo menos 20 milhões de testes rápidos da Covid-19 para distribuí-los aos estados. Dependendo da quantidade destinada a Mato Grosso do Sul, o Governo vai estudar a possibilidade de implementá-los também no sistema de drive-thru, como acontece hoje com o RT-PCR.

A informação foi repassada ao Correio do Estado pelo secretário de Saúde Geraldo Resende. Ele disse que o anúncio foi feito em reunião ontem com o ministro Nelson Teich.

Os exames rápidos, parecidos com testes de glicemia, estão disponíveis na rede pública apenas para profissionais da saúde e da segurança. Quem não se enquadra em uma dessas categorias tem que pagar para fazê-los nos laboratórios privados ou nas farmácias.

Cada um dos testes funciona em casos específicos. O RT-PCR, considerado padrão ouro, só funciona até o sétimo dia após o começo dos sintomas. Isso acontece porque a coleta é feita com cotonetes no nariz e vencido esse prazo, “pedaços” do vírus já não podem mais ser encontrados na mucosa.

Já o exame rápido identifica os anticorpos contra a Covid-19 produzidos pelo corpo. Esse esquema de defesa do organismo demora para começar e por isso só vai dar positivo se a coleta for feita a partir do sétimo dia desde que os sinais começaram.

Mesmo assim, esse tipo de teste é incerto e Resende já fez várias ressalvas sobre ele nas transmissões diárias ao vivo pela internet, inclusive anunciou o fechamento de dois laboratórios que deram falsos negativos a pacientes contaminados. As empresas não estavam usando materiais aprovados pela União.

O secretário reforça que as pessoas fiquem atentas e exijam o uso de kits certificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Hoje, como só o RT-PCR é disponibilizado de graça pelo Governo, através do sistema drive-thru, só casos precoces estão sendo analisados, desde que a pessoa acumule febre mais um dos sintomas de síndrome gripal, como tosse, coriza, perda de olfato e paladar, obstrução nasal, dor no corpo, dor de cabeça e dor de garganta.

Nesse link você confere uma reportagem completa do Correio do Estado com passo a passo de como ter acesso ao exame.

 

Felpuda


Mesmo sabendo que não é fácil conquistar a vitória, alguns políticos em pleno exercício do mandato disputam eleições, querendo trocar o Legislativo pelo Executivo e se dizendo preocupados com as necessidades do município. 

A jogada é antiga: fazem campanha eleitoral antecipada, pois vão tentar a reeleição, e começam a “trabalhar” o nome desde já. É bom lembrar o dito popular: “De boas intenções o inferno está cheio”. Ah, o poder!