Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

MS registra quase 30 novos casos de covid-19 a cada hora, revela Saúde

Por dia, em média, são mais de 700 exames positivos registrados pela Secretaria Estadual de Saúde, que pede a adoção do isolamento social
08/08/2020 17:47 - Nyelder Rodrigues


Mato Grosso do Sul enfrenta um crescimento exponencial da covid-19 e vê a doença avançar cada vez mais, principalmente, em Campo Grande e Corumbá, regiões atualmente mais abaladas pela crise - Três Lagoas e Dourados, que já passaram por piores momentos, agora registram uma queda de registros e a situação se encontra mais tranquila.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), atualmente mais de 700 exames positivos por dia são registrados em média, marca que faz com que a confirmação de novos casos do novo coronavírus chega ao patamar de aproximadamente 30 pessoas contaminadas por hora.

"São marcas que nos entristecem. No Brasil são mais de 3 milhões de contaminadas e 100 mil óbitos", frisa o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, durante a live diária que é transmitida no Facebook oficial do Governo do Estado com os números da covid-19.

De acordo com o boletim epidemiológico de hoje, em apenas 24 horas, foram contabilizados 719 novos casos novos, com total 30.707 confirmações. "Campo Grande responde por metade dos casos novos. Não temos o controle da doença", ressalta Resende.

Hoje, a SES informou mais 11 óbitos em 24 horas, alcançando 492 vítimas fatais da doença. Além disso, o número de internações também tem aumentado em Mato Grosso do Sul, com 521 pessoas internadas, sendo 313 em leitos clínicos e 214 em leitos de UTI.

Para conter o vírus, é necessário que o isolamento social, além de medidas de higienização e uso de máscara, sejam rigorosamente seguidos. Contudo, os índices registrados em Mato Grosso do Sul, no que tange ao distanciamento, é cada vez mais longe do ideal.

No ranking nacional, Mato Grosso do Sul ocupa a 23ª posição, com 33,3% de isolamento social, estando entre os cinco piores resultados do país. A Capital é uma das três piores do país no quesito distanciamento social, com 32,9%, muito aquém do mínimo aceitável - 60%.

 
 
VEJA TAMBÉM

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!