Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPANHA

MS tem a maior cobertura de vacinação contra sarampo do País

Estado atingiu 115,92% do público-alvo imunizado
13/12/2019 16:29 - GLAUCEA VACCARI


 

Mato Grosso do Sul foi o Estado com maior cobertura de vacinação contra o sarampo no País, com índice de 115,92%, segundo balanço divulgado hoje (13) pelo Ministério da Saúde. No total, 99,4% das crianças de até um ano de idade estão vacinadas no país com a tríplice viral – sarampo, rubéola caxumba.

Neste ano, o Ministério da Saúde realizou duas etapas de vacinação contra o sarampo em municípios brasileiros que fazem fronteira com outros países, como é o caso de Mato Grosso do Sul, que faz fronteira com o Paraguai e Bolívia.

Outras duas campanhas foram realizadas, também em duas etapas: a primeira, destinada a crianças de 6 meses a menores de 5 anos, de 7 a 25 de outubro, terminou com mais de 100 mil doses aplicadas no Estado. Deste total foram 8.982 doses zero, destinada para crianças entre seis meses a menos de um ano, 38.888 da primeira dose, 43.137 da segunda dose e 12.599 da terceira dose ou mais.

Segunda fase da campanha foi focada na população de 20 a 29 anos e realizada de 18 a 30 de novembro. No Estado, 36.436 jovens faziam parte do público-alvo.

Mato Grosso do Sul tem dois casos confirmados de sarampo, sendo um homem 52 anos, morador de Três Lagoas, que viajou para Jundiaí, onde apresentou os primeiros sintomas, e um bebê de 10 meses, que foi diagnosticada após testes realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ela viajou para o estado de São Paulo, em agosto, e quando na volta para Campo Grande começou a apresentar os sintomas.

Além de Mato Grosso do Sul, atingiram a meta de vacinação contra o sarampo os estados de Alagoas (115,7%), Rondônia (114,4%), Paraíba (110,2%), Pernambuco (109%), Ceará (108,2%), Minas Gerai (106,7%), Espírito Santos (105,7%), Santa Catarina (105,4%), Paraná (102,8%), Tocantins (102,5%), Rio de Janeiro (101,7%), Sergipe (99%), Rio Grande do Sul (101,1%), Goiás (103,4%), Mato Grosso (97,2%), Amazonas (96,4%) e Rio Grande do Norte (96,2%).

Nove unidades federativas não atingiram a meta mínima, de 95%: Pará (85,4%), Roraima (87,9%), Bahia (88,9%), Maranhão (90%), Acre (91,4%), Piauí (91,9%), Distrito Federal (93,7%), São Paulo (93,9%) e Amapá (94,9%).

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...