Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

MS ultrapassa as 400 mortes por covid-19 e tem alta de 300%

Números confirmam situação crítica da pandemia no Estado. Em Campo Grande, são 129 óbitos. Letalidade em Ponta Porã chega aos 3,3%
02/08/2020 16:40 - Nyelder Rodrigues


Mato Grosso do Sul bateu mais uma marca negativa da covid-19 ao ultrapassar as 400 mortes pela doença causada pelo novo coronavírus, conforme números divulgados na edição deste domingo (2) do boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES). São 404 mortes até o fechamento do informe - divulgado sempre no fim da manhã, mas com fechamento às 19h do dia anterior.

Nas últimas 24h registradas, houve a confirmação de mais 15 pessoas mortas pela covid-19, o que fez a taxa de letalidade da doença subir para 1,6% no Estado - estava em 1,5%. Dessas mortes, quatro aconteceram em Campo Grande e três em Corumbá. Cinco óbitos, ou seja, um terço do total registrado, foram de pacientes sem comorbidades relatadas.

Há exato um mês, no dia 2 de julho, uma quinta-feira, Mato Grosso do Sul passava da marca de 100 mortes, registrando a 105ª desde o dia 24 de março, data em que estão confirmadas as duas primeiras mortes em decorrência do novo coronavírus no Estado.

 
 
 

Após demorar três meses para chegar aos 100 casos, no último mês o número registrado pelas autoridades sul-mato-grossenses em saúde foi o triplo da marca anterior - alta de aproximadamente 300%, o que coloca em alerta toda a sociedade, principalmente pelo aumento abrupto por leitos para pacientes com covid-19, deixando o sistema perto do colapso.

Capital e letalidade no interior

Em Campo Grande, onde a letalidade vista é de 1,3% dos casos confirmados, já ocorreram 139 mortes, segundo o boletim da covid-19 divulgado pela SES hoje. A cidade lidera o ranking de óbitos, seguida por Dourados, com 56 mortes, Corumbá (41), Três Lagoas (16), Sidrolãndia (14), Aquidauana (13), Ponta Porã (9) e Naviraí (8).

Já houve morte registrada por covid-19 em 48 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. A Capital é a responsável por praticamente um terço das mortes no Estado - número muito parecido ao quantitativo populacional da cidade com relação ao total estadual.

A maior taxa de letalidade é registrada no interior, com 40% em Alcinópolis - lá, morreram duas pessoas, ou seja, foram confirmados cinco casos de covid-19 no município. Já entre as cidades com mais de 50 mil habitantes, Ponta Porã lidera a lista, com índice em 3,3%, enquanto Corumbá aparece logo atrás, com 3%. Ambos os locais estão na fronteira.

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!