Cidades
AEDES AEGYPTI

Mato Grosso do Sul ultrapassa os 10 mil casos de dengue e chega a 9 vítimas

Estado é o décimo do País com maior incidência de dengue

Naiara Camargo

14/05/2022 09:45

Dados do boletim epidemiológico, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MS), apontam que existem 11.620 casos prováveis de dengue e nove mortes pela doença em Mato Grosso do Sul.

Os óbitos são dos municípios de Campo Grande (4), Aparecida do Taboado (1), Chapadão do Sul (1), Guia Lopes da Laguna (1), Itaporã (1) e Douradina (1). Duas mortes ocorreram no mês de março, seis em abril e uma em maio.

Os municípios que registraram casos prováveis de dengue são São Gabriel do Oeste (1.646), Campo Grande (895), Amambai (627), Ribas do Rio Pardo (509), Três Lagoas (500), entre outros. Confira a lista completa de municípios aqui.

Portanto, os casos de dengue estão aumentando em Mato Grosso do Sul. Já em Campo Grande, a implantação dos mosquitos Wolbachia barrou a alta de casos na cidade.

 Em quatro fases de implantação, o método Wolbachia está presente em 40 bairros de Campo Grande, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

A Wolbachia, ao ser inserida ao Aedes Aegypti, impede que haja desenvolvimento de doenças como dengue, zika e chikungunya. 

O objetivo é que ainda haja mosquitos Aedes Aegypti, mas mosquitos que não transmitam doenças.