Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Mulher de 51 anos é a 21ª morte por coronavírus em Mato Grosso do Sul

Vítima era de Campo Grande e não tinha comorbidades
05/06/2020 08:52 - Adriel Mattos


Uma mulher de 51 anos morreu na noite de quinta-feira (4) em Campo Grande em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou a 21ª morte – a 8ª na Capital.

Moradora da zona rural, na região do Núcleo Industrial – conhecido como Indubrasil –, ela apresentou os primeiros sintomas no dia 26 de maio, confirmando o diagnóstico no drive-thru de Campo Grande em 29 de maio. A paciente não tinha histórico de comorbidades e estava em isolamento domiciliar.

Ontem, sentiu tonturas e dificuldades de respiração e foi levada à uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas o caso se agravou rapidamente, e a vítima teve parada cardiorrespiratória, chegando a óbito às 22h15.

Sendo assim, Mato Grosso do Sul contabiliza 21 óbitos, com o oitavo na Capital. Houve outros cinco em Três Lagoas, dois em Batayporã, um em Paranaíba, um em Vicentina (ocorrido no Estado de São Paulo), dois em Dourados, sendo um que morreu em Tocantins e dois de Brasilândia. Mato Grosso do Sul tem, atualmente, 1.925 casos confirmados de coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico.

 
 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.