Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BOLETIM BIMESTRAL

Reme não tem previsão de lançamento de notas escolares

As notas serão fechadas quando as aulas presenciais retornarem
10/06/2020 12:03 - Gabrielle Tavares


A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, declarou na manhã desta quarta-feira (10) as médias escolares dos alunos das escolas de Campo Grande só serão fechadas quando as aulas presenciais retornarem. “Neste momento, a Rede Municipal de Ensino não está preocupada em fechar media dos alunos”, disse a secretária na audiência da Câmara de Vereadores.

“Até porque se fizermos uma avaliação neste momento, não vai ser uma avaliação ‘real’. Porque nós temos alunos em escolas do campo que só tiveram acesso ao caderno impresso, e agora que vai começar a chegar para eles o conteúdo TV Reme”, explicou Elza.

A secretária informou ainda que não há previsão para retorno das aulas em escolas públicas, como há para as particulares, já que os espaços físicos não comportariam os alunos com distanciamento mínimo de segurança. "Não tem como comparar as escolas públicas com as privadas", disse Elza.

Além disso, ela lembra ainda que seria necessário a distribuição de EPIs para 110 mil alunos e profissionais da rede. "Também não concordamos com o retorno gradativo. Se for para voltar, todos os alunos devem voltar. Nossa preocupação é dar o atendimento remoto para os alunos. No retorno das aulas presenciais, nós vamos fazer uma avaliação diagnóstica e pensar no fechamento do bimestre desses alunos”, declarou Elza.

Também foi informado que os 14 dias que os alunos ficaram sem aula, período em que os estudos presenciais foram readequados para o ensino remoto, serão reprogramados em sábados letivos.

 
 

Felpuda


Falatório e atitude de membro da família acenderam a luz vermelha no “QG” de candidato, pois poderão causar muitos estragos. 

A tropa de choque de defensores do candidato a prefeito já foi colocada em campo e só falta falar que os genes de ambos são diferentes. 

E com relação ao dito-cujo, sabe-se que deverá ser orientado a “baixar a bola” nos próximos dias, mais precisamente até o término da campanha eleitoral.

Afinal...