Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DRENAGEM E RECAPEAMENTO

Projeto de obras de R$ 45 milhões espera aprovação do Governo Federal

Foi assinado nesta segunda-feira licitação para obras perto do aeroporto, mas Paulo guedes desmembrou parte do plano de ação
06/07/2020 12:31 - Gabrielle Tavares


 

O prefeito de Campo Grande se reuniu na manhã desta segunda-feira (06) com senadores e deputados federais, para assinar licitação de obras no complexo viário, próximo ao aeroporto. O orçamento é de R$60 milhões ao todo e ainda devem ser repassados mais R$ 45 milhões para obras na região do Bairro Rita Vieira.  

Na cerimônia realizada hoje, na sede do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), o prefeito Marcos Trad (PSD) explicou que o novo repasse já foi autorizado pela bancada federal de Mato Grosso do Sul em Brasília (DF).

Só não foi aprovado ainda porque depende da autorização do Ministério da Economia, para aumento de linha de crédito do programa de Financiamento para Infraestrutura e Saneamento (Finisa), da Caixa Econômica Federal.  

O projeto à espera de aprovação prevê recapeamento e drenagem nos bairros Rita Vieira, Parque Dallas e Oliveira I e II, além de reformar um antigo aterro sanitário do Bairro Noroeste em uma área esportiva.  

“Era para estar junto com o pacote assinado hoje, foi o único que foi desmembrado. O ministro Paulo Guedes alegou contenção de despesas. Já está autorizado pela bancada, só falta a autorização do Governo Federal”, relatou o prefeito.

As obras nas regiões oeste e sudoeste da Capital devem ganhar novos acessos e serem interligados em 2021. A verba de R$60 milhões será usada para pavimentar e fazer a drenagem de cinco avenidas dos bairros São Conrado, Núcleo Industrial, Jardim Carioca e Nova Campo Grande.

“Foi assinado o contrato com a Caixa hoje, o próximo passo é apresentar projeto com a planta, e depois que a análise for aprovada começar a obra”, explicou o secretário municipal de Infraestrutura, Rudi Fiorese.

 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...