Clique aqui e veja as últimas notícias!

FISCALIZAÇÃO

Operação Carnaval 2021 flagra 83 motoristas embriagados na Capital

Durante os cinco dias 1859 testes do bafómetro foram realizados e 10 pessoas foram encaminhadas para delegacia
17/02/2021 16:08 - Thais Libni


Mesmo com comemorações de carnaval proibidas na Capital, fiscalização flagra 83 motoristas dirigindo bêbados, 1.859 testes foram aplicados entre os dias 12 a 16 de fevereiro.  

A operação de Carnaval, desenvolvida para garantir a segurança no transito de Campo Grande, atuou em pontos importantes da cidade. 

Conforme informa o chefe do setor de fiscalização do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran), Otílio Ruben Ajala Júnior, sete motoristas foram encaminhados para a delegacia por apresentarem altos índices de embriagues.  

Últimas Notícias

Segundo Ruben, o encaminhamento para a delegacia só ocorre quando o nível de álcool ultrapassa o limite considerado administrativo. 

Outros três motoristas foram encaminhados para delegacia por praticarem o crime de desacato as autoridades e corrupção ativa.

Durante os cinco dias de operação, 54 veículos foram recolhidos, por possuírem algum tipo de pendência. No total, 37 motos e 17 automotores foram encaminhados aos pátios de apreensão durante as operações. 

Além das apreensões o registro aponta que 44 pessoas estavam conduzindo veículos sem carteira de habilitação, e 29 veículos  encontravam-se com licenciamento vencido.

A operação Carnaval 2021 foi realizada pelo Detran-MS, em parceria com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (BPMTran), Guarda Civil Metropolitana e a Agência Municipal de Trânsito (Agetran), foi desenvolvida para garantir a segurança no transito de Campo Grande.  

Conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência, é considerado crime com pena de detenção que vai de seis meses a três anos, multa no valor de R$ 2.934,70 e suspensão ou proibição do direito de dirigir.

Assine o Correio do Estado