Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FISCALIZAÇÃO

Operação Toque de Recolher fiscaliza bares e vai até na Valley

Espaços estão autorizados a funcionar com restrições e até a meia-noite
14/06/2020 12:37 - Naiane Mesquita


 

A operação Toque de Recolher, da Guarda Civil autuou 26 estabelecimentos comerciais e 622 pessoas, na noite de ontem (13), em Campo Grande. Os guardas realizaram vistorias nas regiões do Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo, sendo que até mesmo a Valley recebeu a fiscalização.

O propósito da operação é fazer valer o toque de recolher estipulado no decreto 14.291 artigo 1°, que determina o encerramento das atividades em bares e restaurantes à meia-noite. Na Valley, casa de show que recebeu o primeiro caso de Covid-19 no início da pandemia em Mato Grosso do Sul, não foram encontradas irregularidades. 

Ainda de acordo com o boletim da Guarda Municipal, além dos estabelecimentos orientados a encerrar as atividades, 1 condutor foi pego embriagado, 2 com documentações vencidas, 1 por dirigir sem CNH, enquanto outro conduzia o veículo sem placa. Um cidadão com prisão em aberto também foi detido. 

O efetivo, que contou com 25 guardas em 15 viaturas, também trabalhou averiguando denúncias realizadas através do canal de comunicação para moradores, o 153. Ao todo foram feitas 623 ligações na noite de sábado. 

 

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!