Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PREVENÇÃO

Pacientes de risco poderão tomar vacina pneumocócica em Mato Grosso do Sul

Vacina será disponível mediante prescrição médica com justificativa da indicação
13/08/2020 11:46 - Bruna Aquino


Agora os pacientes maiores de cinco anos que são considerados do grupo de risco em meio a pandemia do novo coronavírus poderão ter acesso à vacina Pneumocócica conjugada 13-valente.  

A vacina previne cerca de 90% das doenças graves como pneumonia, meningite e otite, causadas por 13 sorotipos de pneumococos e será disponibilizada em 13 unidades de saúde em diversas regiões do Estado mediante prescrição médica com justificativa da indicação.

De acordo com a resolução, a vacina pneumocócica 13-valente está indicada em esquema sequencial com a vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente para pacientes de risco maiores de cinco anos, de acordo com as condições estabelecidas pelo Programa Nacional de Imunização.

Receberão a imunização: pacientes que vivem com HIV (Aids), transplantados de células-tronco hematopoiéticas (medula óssea), transplantados de órgãos sólidos, pacientes oncológicos.  

 
 

A Resolução ainda estabelece que os pacientes transplantados de células-tronco hematopoiéticas (medula óssea) e transplantados de órgãos sólidos serão encaminhados Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul.

POSTOS DE VACINAÇÃO

Para receber a vacina prescrita por profissional médico, os pacientes de risco deverão ser encaminhados para uma das 13 salas (Confira abaixo) definidas na Resolução da SES/CIB.

 

 

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!